Lojas de Departamento Relevantes no Brasil: C&A


Quem nunca foi facilmente atraído pelos layouts das lojas, com vitrines e produtos expostos de forma deslumbrante que nos convidam a entrar e criar uma experiência de compra com a loja. As Lojas de Departamento são especialistas em encantar o público com seus slogans e displays, fazendo com que a marca seja conhecida e desejada amplamente no país por todos.


Por trazerem um mix de produtos com peças do vestuário, cosméticos, aparelhos eletrônicos e objetos de decoração; as Lojas de Departamento, em sua maioria, contribuem para a democratização da compra ao disponibilizarem produtos de boa qualidade e com preços acessíveis.


Essa mudança na forma de consumir altera a maneira com que as pessoas buscam informações, tanto sobre as marcas quanto sobre as empresas que produzem aquilo que compram. Antes, criar um desejo e oferecê-lo com shapes e cores diferentes ao consumidor era algo comum, atualmente, as coisas estão mudando de figura.


Não basta a maquiagem ou a roupa serem pensadas e adaptadas ao estilo pessoal de cada um, agora, a maior preocupação está no processo de como é produzido esses produtos e como cada rede trabalha com as questões sociais e sustentáveis - a própria sociedade passa a cobrar essa atitude das empresas.

 

Pensando nestas questões, vamos falar sobre uma Loja de Departamento muito famosa no Brasil para comentar brevemente a forma de atuação. Destacar os diferenciais da marca – história, processos, serviços, causas – é importante, pois consumir em lojas que atendem seus critérios e defendem suas pautas incentiva o mercado a fazer o mesmo!

Confira o perfil da loja de departamento: C&A



 

História:


Tudo começou em 1841, quando os irmãos Clemens e August fundaram a primeira loja na Holanda, colocando as iniciais de seus nomes para nomear a marca. Apenas em 1976 que a C&A se instalou em terras brasileiras, tendo sua primeira loja no Shopping Ibirapuera (SP). Desde então, a rede implementou no Brasil o modelo de varejo de moda e demais segmentos de produto com o lema: vender o melhor da moda por preços justos - Se tornando esta Loja de Departamento que conhecemos!


Trazendo para si um compromisso de democratizar o acesso das brasileiras ao mercado do vestuário, a rede criou a C&A Collection, coleções que são desenvolvidas com a colaboração de celebridades e estilistas renomados. Reinaldo Lourenço, Alexandre Herchcovitch, Fergie e Beyoncé foram algumas das parcerias que trouxeram peças exclusivas e acessíveis as lojas da rede.

 

Confecção:

 Com uma cadeia de criação e produção dentro da companhia, a rede conta com um grupo de especialistas para desenvolver coleções próprias. Enquanto um quadro de designers faz pesquisas pelo mundo em busca de conceitos e tendências, os fornecedores de produtos se encarregam por executar as ideias.
Atualmente a empresa possui mais de 11 marcas próprias, algumas delas são: Jinglers (linha de Jeans), ClockHouse (coleção voltada para jovens adultos), WestBury (linha masculina), Rodeo Sport (linha esportiva) e Baby Club (linha para bebês). Aposto que você já deve estar familiarizada com alguma delas!
Em relação ao segmento Plus Size, a C&A possui a linha Flaminga, que é destinada ao público feminino para vendas on-line. É possível encontrar peças que vão até o 70 e EXGG, porém a variedade de modelos nestes tamanhos ainda é reduzida. Sobre o público masculino, a C&A não desenvolveu até então uma coleção específica, mas há a venda de peças em seu e-commerce.



A marca já desenvolveu ações direcionadas ao público Plus Size em busca de mostrar a diversidade, como é o exemplo da “Entre na mistura Jeans”. Mas a proposta teve uma repercussão negativa do público por conta da modelo selecionada no vídeo. Esta campanha trouxe discussões importantes para o mercado da Moda sobre “O que é ser Plus Size?” e “Como, de fato, podemos representar e atender bem esse público?”.   


Em 2018 a C&A lançou o projeto Mindse7, uma nova proposta para pensar e fazer moda. Com referências do cotidiano, das ruas e das redes sociais, o projeto passou a criar semanalmente coleções-cápsulas menores comercializadas exclusivamente pelo e-commerce.


|Projetos Sociais e Ambientais|

- 1991: Fundação do Instituto C&A. organização sem fins lucrativos e de interesse público, que tem como foco promover e qualificar o processo de educação de crianças e adolescentes no Brasil.

- 2009: Disponibiliza anualmente um relatório de sustentabilidade referente ao desempenho socioambiental da empresa.

- 2010: Programa de Coleta de Lixo Eletrônico. Celulares, baterias e pilhas recebem descarte correto e 40% do material reciclado é usado na produção de cabides.

- 2010: Primeira rede do setor a assinar o Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo no Brasil, que busca criar ferramentas para impedir que empresas comercializem produtos de fornecedores que usem trabalho irregular.

- 2017: Movimento ReCiclo. Programa de reciclagem que permite com que consumidores da rede descartem suas roupas usadas em urnas e após triagem, as peças são direcionadas aos parceiros da C&A para reutilização ou reciclagem.
Postagem Anterior Próxima Postagem