Invent


Semana Francesa 2016

A cidade de São Paulo recebe, de 10 a 20 de junho, uma série de atrações culturais, gastronômicas, educacionais e empresariais. Trata-se da Semana Francesa, iniciativa realizada anualmente pela Câmara de Comércio França-Brasil de São Paulo (CCFB-SP).

Concebida pela Câmara de Comércio França-Brasil (CCFB), a Semana Francesa chega a sua quinta edição, reunindo mais de sessenta atividades entre os dias 10 e 20 de Junho de 2016. A ideia do evento é proporcionar aos participantes uma imersão verdadeiramente francesa, ao reunir diversas atrações nas áreas de gastronomia, artes, cinema e cultura ligadas à França, proporcionando, assim, aos participantes, uma experiência do “savoir-vivre” francês.

Confiram a programação clicando aqui !!!

Bons vinhos, ótima gastronomia e cultura exalando por todo o país e para dar um gostinho das boas coisas da França ao Brasil.

Além de filmes e peças teatrais ligadas à França, alguns restaurantes da cidade oferecem um menu especial para o evento.

Uma das casas participantes é o Le Vin Bistrô, que preparou um menu especial, sendo de entrada, a tradicional sopa de cebola gratinada, Soupe à l’Oignon em Feuilletage, e que na casa ganhou o nome de “Sopa Montgolfier”, em homenagem aos irmãos inventores do primeiro balão; o clássico Boeuf Bourguignon, carne guisada em vinho tinto e vegetais de prato principal e para finalizar, Tarte Tatin, a famosa torta de maçã inventada acidentalmente por duas irmãs francesas.

Somente as unidades do Le Vin de São Paulo participarão da Semana Francesa, para maiores informações acesse o site www.levin.com.br

Fontes:

http://saopaulo.ccfb.com.br/eventos/semana-francesa/

http://www.ccfb.com.br/single-news/n/semana-francesa-2016/

http://www.ccfb.com.br/eventos/eventos-nacionais-ccfb/semana-francesa/

http://saopaulo.ccfb.com.br/fileadmin/template/bresilsao/documents/Prog_semana_francesa_09.06.16.pdf

https://egidioverza.wordpress.com/2016/06/04/semana-francesa-da-camara-de-comercio-franca-brasil-acontece-em-junho/

Read more...


Festival de Cannes 2016: Cartaz homenageia O Desprezo, de Jean-Luc Godard

O cartaz oficial da 69ª edição do Festival de Cannes foi criado por Hervé Chigioni e Gilles Frappier, o pôster é uma homenagem ao clássico O Desprezo, lançado por Jean-Luc Godard em 1963.

O release explica a escolha: “Está tudo ali. As escadas, o mar, o horizonte, a ascensão de um homem em direção ao seu sonho, sob uma quente luz mediterrânea que tudo transforma em ouro. Uma imagem que faz lembrar a citação que abre o filme: ‘o cinema coloca diante de nossa visão um mundo em harmonia com nossos desejos’.

Está ali também Michel Piccoli, que em 2016 irá abrir o tapete vermelho do Festival de Cannes. É uma escolha simbólica, pois esse filme sobre fazer um filme – considerado um dos melhores produzidos em CinemaScope – causou grande impacto no cinema e na cinefilia.

L’acteur français Michel Piccoli acompagné de son attachée de presse, lors du Festival

Na véspera do aniversário de setenta anos, ao escolher ser representado por esse longa , o Festival reitera seu compromisso de homenagear a História da sétima arte e abrir as portas para novas formas de criar e ver. Os degraus representam a ascensão ao infinito horizonte da tela de projeção.”

Com George Miller na direção do júri, o Festival de Cannes 2016 acontecerá entre os dias 11 e 22 de maio. Os filmes selecionados foram anunciados dia 14 de abril.

Diretor de ‘Mad Max’ George Miller presidirá Festival de Cannes

@ Getty images/ Mike Windle

Fontes:
http://www.adorocinema.com/noticias/filmes/noticia-120192/
http://www.adorocinema.com/noticias/filmes/noticia-119047/

Read more...


César 2016

O César, prêmio máximo da academia francesa de cinema, faz 41 anos e a festa foi  dia 26 de fevereiro, no Théâtre du Châtelet, em Paris.

A 41ª edição dos César premiou o melhor do melhor do cinema francês. Veja quem foram os vencedores desta festa em homenagem a uma das mais requintadas tradições da  França!!

L’affiche officielle des César  et c’est Juliette Binoche qui illumine le poster de la grand-messe du cinéma français. Elle succède ainsi à Fanny Ardant en 2015 et Isabelle Adjani en 2014.

Catherine Frot pose sur la scène du théâtre du Châtelet à Paris avec son César récompensant la meilleure actrice, vendredi 26 février 2016.

Catherine Frot pose sur la scène du théâtre du Châtelet à Paris avec son César récompensant la meilleure actrice, vendredi 26 février 2016. (PATRICK KOVARIK / AFP)

Meilleur film : Fatima de Philippe Faucon

Fatima – Meilleur Espoir Féminin – Zita Hanrot – Ceremonie – Cesar 2016

 

• Meilleure actrice : Catherine Frot dans Marguerite

Marguerite – Meilleure actrice – Catherine Frot – Cesar 2016

• Meilleur acteur : Vincent Lindon dans La Loi du marché

• Meilleure réalisation : Arnaud Desplechin pour Trois souvenirs de ma jeunesse

• Meilleur espoir féminin : Zita Hanrot dans Fatima

• Meilleur espoir masculin : Rod Paradot dans La Tête haute

La tête haute – Meilleur espoir Masculin – Rod Paradot – Ceremonie – Cesar 2016

 

• Meilleure actrice dans un second rôle : Sidse Babett Knudsen dansL’Hermine

• Meilleur acteur dans un second rôle : Benoît Magimel dans La Tête haute

• Meilleur premier film : Mustang de Deniz Gamze Ergüven

• Meilleur film étranger : Birdman d’Alejandro Gonzalez Iñarritu

• Meilleur scénario original : Deniz Gamze Ergüven et Alice Winocour pourMustang

 Meilleure adaptation : Fatima de Philippe Faucon

• Meilleure musique originale : Warren Ellis pour Mustang

• Meilleur documentaire : Demain de Cyril Dion et Mélanie Laurent

 Meilleur long-métrage d’animation : Le Petit prince de Mark Osborne

• Meilleur court-métrage : La Contre-allée de Cécile Ducrocq

 Meilleur court-métrage d’animation : Le Repas dominical de Céline Devaux

 Meilleurs décors : Martin Kurel pour Marguerite

• Meilleurs costumes : Pierre-Jean Larroque pour Marguerite

• Meilleure photo : Christophe Offenstein pour Valley of Love

• Meilleur son : François Musy et Gabriel Hafner pour Marguerite

• Meilleur montage : Mathilde Van de Moortel pour Mustang

César d’honneur – Michael Douglas – Ceremonie – Cesar 2016

L’acteur américain Michael Douglas, qui a reçu son deuxième César d’honneur à 71 ans, a évoqué avec humour sa carrière et remercié d’un sonore “Vive la France”, dans un discours entièrement en français.

“Quand j’ai vu ce magnifique montage vidéo [de ma carrière] je me suis demandé: mais c’est qui ce jeune dans ces films ?’” a-t-il lancé, pince-sans-rire. L’acteur, déjà récompensé d’un César d’honneur en 1998 a rendu hommage aux grands acteurs français, “Belmondo, Alain Delon, Jeanne Moreau, Trintignant”“Pourquoi cette récompense est si importante à mes yeux ? Parce que je suis dans un pays qui a vu naître des idoles, et qui a vu naître le cinéma”, a-t-il lancé, avant d’être chaleureusement applaudi.

 

Fontes:

http://www.academie-cinema.org/calendrier2.html

http://www.francetvinfo.fr/culture/cinema/cesar-2014/ce-qu-il-faut-retenir-de-la-ceremonie-des-cesar-2016_1333761.html

http://www.public.fr/News/Cesar-2016-et-les-nommes-sont-909305

http://www.allocine.fr/article/fichearticle_gen_carticle=18650467.html

Read more...


Star Wars,a exposição contra-ataca na Galeria Sakura

Expo Star Wars - "L'expo contre attaque"

Star Wars, l’expo contre-attaque à la Galerie Sakurama

Galeria Sakura, em Paris, realiza até dia 15 de janeiro de 2016, uma exposição dedicada aos fãs da saga de George Lucas com 150 obras originais, como ilustrações, esculturas e fotografias de 35 artistas do mundo todo, intitulada L’Expo Contre Attaque.

L’Expo Contre Attaque – Star Wars (Galerie Sakura)

O acervo da mostra contará com a presença de trabalhos de nomes como Travis DurdenSacha GoldbergerHyperactive StudioDavid EgerVesa Lehtimäki e outros, que, para delírio da comunidade geek, poderão ser comprados em impressões. Para completar a programação, a galeria convidou 13 artistas de rua para criarem releituras do célebre capacete Stormtrooper, entre eles Kashink e Chanoir.

 

Star Wars – l’expo Contre Attaque-exposition – Galerie Sakura

A exposição é gratuita e você pode ver uma prévia dessa já histórica exposição no site da Galeria Sakura e nas imagens abaixo.

Dark Vador brandissant son sabre laser au-dessus de la tête de Staline.

La Galerie Sakura accueille une expo Star Wars qui aborde le street art et d’autres médiums. © David Eger courtesy galerie Sakura

A Galerie Sakura reúne artistas de rua, escultores, ilustradores e fotógrafos . A‘expo contre-attaque nos revela o lado artístico da Força com mais de 150 obras inéditas.

Expo Star Wars Galerie Sakura Paris

Daniel Picard

Expo Star Wars Galerie Sakura Paris

Vesa Lehtimäki courtesy galerie Sakura

Expo Star Wars Galerie Sakura Paris

Stephen Hollingsworth.

À partir du 10 octobre et pendant quatre mois, la Galerie Sakura accueille L’expo contre-attaque avec 230 mètres carrés consacrés à Star Wars. À quelques mois de la sortie du septième volet de la saga, la galerie innove en mettant en avant le street art avec 12 artistes qui réinterprètent les casques des Stormtroopers. RetrouvezAlbenAliChanoirCombiJohanne8KashinkMadame MoustacheNosbéPimaxSixoSmoh ou encore Tetar à travers une interprétation contemporaine du mythe. À leurs cotés, une trentaine d’artistes ont participé à cettenouvelle expo Star Wars avec des réalisations créatives et surprenantes : des totems de 2,50 mètres à l’effigie de Dark Vador présentés par l’artiste Alexandre Nicolas se mêlent au casque de Stormtrooper de 5000 cristaux Swarovski réalisé par Travis Durden. Alors fan de Star Wars ou amateur d’art, laissez-vous tenter par cette ambiance galactique !

Galerie Sakura Marais - galerie d’art

L’expo contre-attaque Star Wars
 

Informações práticas

Quando: De 10 de outubro de 2015 até 15 de janeiro de 2016

Horário : de terça à sexta de 12h à 20h, os sábados e domingos de 11h à 20h

Preço : Entrada livre e gratuita

Local : Galerie Sakura

Endereço: 21, rue du Bourg TibourgVille : Paris 75004

Metro/Transporte : Cour Saint-Émilion  

Fontes:

http://www.parisbouge.com/mag/articles/expo-star-wars-a-la-galerie-sakura-le-street-art-contre-attaque-2380

http://www.sortiraparis.com/arts-culture/exposition/guides/56800-les-expositions-de-novembre-2015-a-paris#dcFUTrul6MIrEuTq.99

http://www.parisetudiant.com/etudiant/sortie/expo-star-wars-l-expo-contre-attaque.html

http://www.hypeness.com.br/2015/09/exposicao-reune-150-obras-de-artistas-de-todo-mundo-em-homenagem-a-saga-star-wars/

http://unedemoiselleaparis.blogspot.com.br/2015/11/exposition-star-wars-lexpo-contre-attaque-galerie-sakura.html

Read more...


Exposição “Aardman – L’art qui prend forme” no Art Ludique- Le Musée em Paris

Aardman: l'art qui prend forme

Até dia 30 agosto de 2015, “Wallace et Gromit”, ” Chicken Run ” ( A Fuga das Galinhas ) , ou ainda ” Shaun le Mouton”  ( Shaun, o carneiro ) serão as estrelas da exposição“ Aardman, L’Art qui prend forme ”,  a nova exposição do Art Ludique-Le Musée.

Criada pela equipe do Art Ludique- Le Musée, em estreita colaboração com  os criadores e diretores do famoso estúdio britânico premiado com o Oscar , esta exposição, primeira no mundo dedicada  a   Aardman  apresentará mais de 50 séries e personagens de filmes autênticas , verdadeiras obras-primas da escultura em destaque pelos próprios artistas .

Máquinas delirantes  de Wallace , passando pelo famoso canteiro do Gromit ,  as decorações do filme Shaun the Sheep ,  a máquina voadora de Chicken Run  ou o fabuloso  navio dos Pirates , tudo  isso para  prestar um verdadeiro tributo ao gênio artístico dos escultores que animam quadro a quadro essas criaturas  .

 Chicken Run© DreamWorks LLC, Aardman Features Ltd & Pathé Image 2000

Les Pirates, bons à rien, mauvais en tout !© 2012 Sony Pictures Animation Inc
Les Pirates, bons à rien, mauvais en tout ! © 2012 Sony Pictures Animation Inc
Shaun le Mouton © Aardman Animations Ltd
Souris City -© Aardman Animations Ltd
Souris City -© Aardman Animations Ltd
Wallace & Gromit le mystère du lapin-garou -© Aardman Animation Ltd
Wallace & Gromit le mystère du lapin-garou - © Aardman Animation Ltd

Wallace & Gromit le mystère du lapin-garou - © Aardman Animation Ltd

Esta exposição mostra como o estúdio trabalha nos bastidores . Objetos , software e técnicas envolvidas no processo de produção de filmes estão em exibição , revelando como desenhos e figuras de barro são trazidos à vida por filmagens stop-motion e  técnicas de imagem geradas por computador. Esta é uma das exposições mais elaboradas e variadas  que o museu de Art Ludique já recebeu até agora , e com certeza  há muito para ver .

aardman 3

aardman 1

aardman 5

aardman 6

aardman 4

Até 30 de agosto de 2015

Art Ludique – Le Musée

34 Quai d’Austerlitz, 75013 Paris, França
+33 1 45 70 09 49

Fontes:

http://artludique.com/

http://artludique.com/aardman.html

http://www.timeout.com/paris/en/art/aardman-lart-qui-prend-forme

http://www.offi.fr/expositions-musees/musee-art-ludique-5835/aardman-lart-qui-prend-forme-56501.html

http://www.parisfaitsoncinema.com/autour-du-cinema/culture/l-exposition-aardman-l-art-qui-prend-forme-s-installe-a-paris-en-exclusivite-mondiale.html

https://quefaire.paris.fr/fiche/105061_exposition_aardman_l_art_qui_prend_forme

http://www.telerama.fr/art/aardman-l-art-qui-prend-forme,126375.php

Read more...


Samba- um filme de Eric Toledano e Olivier Nakache

A 6ª edição do Festival Varilux de Cinema Francês começou nesta quarta-feira (10) em 50 cidades do Brasil, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, João Pessoa e Manaus. O evento ocorre até o dia 17 de junho.

repost @vivonocinema ✔ SAMBA #FestivalVarilux</p><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>Título original: Samba</p><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>Direção: Eric Toledano e Olivier Nakache</p><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>Sinopse: Samba é um imigrante do Senegal que vive há 10 anos na França e, desde então, tem se mantido no novo país a custa de bicos. Alice, por sua vez, é uma executiva experiente que tem sofrido com estafa devido ao seu trabalho estressante. Enquanto ele faz o possível para conseguir os documentos necessários para arrumar um emprego digno, ela tenta recolocar a saúde e a vida pessoal no trilho, cabendo ao destino determinar se estarão juntos nessa busca em comum.</p><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>Elenco: Omar Sy, Charlotte Gainsbourg, Tahar Rahim, Izïa Higelin, Hélène Vincent, Liya Kebede e Jacqueline Jehanneuf.</p><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>Distribuição no Brasil: @californiafilmes</p><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>2014 | Comédia/Drama | 2h</p><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>De 11 a 17 de junho em várias cidades do Brasil! Programação no site: http://variluxcinefrances.com</p><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>#variluxcinefrances #SambaFilm #OmarSy #CharlotteGainsbourg #TaharRahim #IziaHigelin #CaliforniaFilmes #AliancaFrancesa #EricToledano #OlivierNakache #Intouchables #cinemafrances #estreia #comedia #cinema #dicadefilme #cinefilo #Intocaveis” /></p>
<p> </p>
<p>Em 2015, o festival conta com convidados ilustres. Entre eles estão<strong> Olivier Nakache</strong> e <strong>Eric Toledano</strong>, diretores de <strong>Intocáveis</strong>, longa que foi assistido por mais de 40 milhões de espectadores. Os dois chegam ao país para falar sobre o novo trabalho,<strong> <a href=Samba, onde repetem a parceria com o ator Omar Sy.

 

Ontem fui a inauguração do Festival Varilux , convidada pela minha aluna Belisa Figueiró ,da Tucuman distribuidora de filmes.

A abertura em São Paulo, reuniu toda a delegação de atores e diretores que vieram da França para apresentar os seus filmes e também centenas de cinéfilos! Na verdade são 12 convidados – entre atores, atrizes e diretores. a comitiva dá uma ideia do tamanho do festival, que cresceu bastante. Este ano atinge 80 salas de 50 cidades, até 17 de junho.

Escolhi o filme Samba, de Eric Toledano e Olivier Nakache , convidados do Festival , que antes da apresentação do filme vieram falar sobre o novo trabalho.

“Após a alquimia bem- sucedida de humor e emoção ao falar sobre a deficiência física em Os Intocáveis, os diretores Toledano e Nakache encontram a mesma precisão de tom com o tema dos imigrantes ilegais e sua via crúcis ” Julien Barcilon

Samba   (OmarSy) é um imigrante do Senegal que vive há 10 anos na França e, desde então, tem se mantido no novo país a custa de bicos. Alice (Charlotte Gainsbourg) , por sua vez, é uma executiva experiente que tem sofrido com estafa devido ao seu trabalho estressante. Enquanto ele faz o possível para conseguir os documentos necessários para arrumar um emprego digno, ela tenta recolocar a saúde e a vida pessoal nos trilhos, cabendo ao destino determinar se estarão juntos nessa busca em comum.

Com muito humor e emoção a história gira em torno do conflito dos “sans papiers”(imigrantes que não estão legalizados).

Filme “Samba”, de Olivier Nakache e Eric Toledano, é sucesso nas telas francesas

Foto Eric Toledano, Olivier Nakache, Omar Sy, Tahar Rahim

Samba : Foto Eric Toledano, Olivier Nakache, Omar Sy, Tahar Rahim

Samba : Foto Omar Sy

 Omar Sy

Samba : Foto Omar Sy

Omar Sy

Samba : Foto Omar Sy, Tahar Rahim

Tahar Rahim, Omar Sy

Samba : Foto Charlotte Gainsbourg, Omar Sy

Charlotte Gainsbourg, Omar Sy

Samba : Foto Charlotte Gainsbourg, Omar Sy

Charlotte Gainsbourg, Omar Sy

O filme 'Samba', com os atores Omar Sy e Charlotte Gainsbourg, é um dos destaques da programação do festival de cinema francês que chega a Belém. (Foto: Divulgação)

O filme ‘Samba’, com os atores Omar Sy e Charlotte Gainsbourg, é um dos destaques da programação do festival de cinema francês (Foto: Divulgação)

 Samba pour Olivier Nakache et Eric Toledano

Olivier Nakache & Eric Toledano

Eric Toledano e Olivier Nakache conheceram-se no início dos anos 1990. Em 1995, dirigiram Le jour et  la nuit, com Zinedine soualem e Julie Mauduech, primeiro curta-metragem juntos. Com o curta Les petits souliers em 1999, a dupla se tornou conhecida, acumulando uma dúzia de prêmios diferentes. em 2003 fizeram seu primeiro longa juntos, Apenas bons amigos. Este projeto foi marcado pelo encontro com Gerard Depardieu e o início de suas colaborações com Jean-Paul Rouve. Este último reuniu-se a eles novamente para Nos jours heureux, sucesso de público e crítica, em 2006. A dupla fez então Tellement proches em 2008. A idéia para o quarto filme, Os Intocáveis, nasceu em 2003, após verem um documentário sobre a vida de Philippe Pozzo di Borgo. Em 2011, adaptaram a história para o cinema.O filme alcançou 20 milhões de espectadores na França, e Omar Sy ganhou o Cesar de Melhor Ator em 2011.

Outro convidado do Festival  Varilux foi Tahar Rahim

Formado em cinema, Rahim inicia a carreira de ator em 2005, destacando-se em Tahar l’étidiant, um doc-ficção de Cyril Mennegun inspirado no cotidiano do ator. Todavia, é seu personagem na série La commune, do Canal +, que lhe dará certa popularidade. Chamando a atenção do diretor Jacques Audiard, Tahar Rahim obtém o papel do delinquente Malik el Djebena, personagem principal em O profeta. O filme recebe o Grande Prêmio no Festival de Cannes, em 2009, e Tahar recebe o César de Melhor Revelção Masculina e Melhor Ator, dupla premiação dada pela primeira vez na história da cerimônia . Consagrado no cinema mundial, sua carreira conta com produções como Homens livres, de Lou Ye, O príncipe do deserto, de Jean-Jacques Annaud, ambos de 2011, e O passado, de Asghar Farhadi, em 2013.

Fontes:

http://variluxcinefrances.com/

http://www.adorocinema.com

http://www.itaucinemas.com.br/pag/festival-varilux-de-cinema-frances-2015

http://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2015/06/festival-varilux-de-cinema-e-realizado-em-dois-cinemas-de-joao-pessoa.html

http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,festival-de-cinema-frances-traz-vencedora-de-cannes-e-homenageia-o-ator-pio-marmai,1703158

http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/variedades/noticia/2015/06/festival-varilux-exibe-16-filmes-franceses-em-seis-cidades-de-santa-catarina-4777907.html

https://www.facebook.com/tucumandistribuidora.defilmes

https://catracalivre.com.br/rio/agenda/gratis/festival-varilux-tem-cinema-frances-debates-e-oficinas-gratuitas/

Read more...


Un très beau “Petit Prince” – O pequeno príncipe’ ganha animação com diretor Mark Osborne

A adaptação no cinema do livro de Saint-Exupéry foi projetado em Cannes dia 22 de maio. É a ocasião para redescobrir uma história que atravessa as gerações.

Prochainement : Sortie du film « Le Petit Prince » au cinéma

Cena da animação ‘O pequeno príncipe’, apresentada em Cannes, é a primeira vez em que o livro de Saint-Exupéry ganha versão neste formato (Foto: Divulgação)

O diretor Mark Osborne, que codirigiu “Kung fu panda” (2008) e “Bob Esponja: O filme” (2004), apresentou  em Cannes sua visão particular de “O pequeno príncipe”, que dá nova dimensão ao conto filosófico de Saint-Exupéry, mas preservando sua mensagem universal.

Pela primeira vez, o conto chega aos cinemas como uma animação.

Depois de muito refletir, o diretor americano acabou por encontrar a solução para adaptar ao cinema este ícone da literatura, um dos livros mais traduzidos no mundo, sem trair a obra.

Ele inventa uma história ao redor do conto e decide que o aviador sobrevive para contar sua história.

Já senhor de idade, ele passa seu tempo a observar as estrelas com seu telescópio. Uma noite, ele percebe sua pequena vizinha estudar em seu quarto e a envia um avião de papel no qual escreve as primeiras linhas de uma história.

A obra original de Saint-Exupéry é “difícil de adaptar, ela é íntima e frágil e a inteligência de Mark Osborne foi inserir o romance em uma história mais ampla”, explicou Dmitri Rassam, o coprodutor francês do filme com Anton Soumache.

Curiosa e estudiosa, a menina se esforça para responder às expectativas de sua mãe, mas está inquieta com a ideia de crescer.

Uma comovente amizade nasce entre ela e o aviador que, a cada dia, conta um novo episódio da vida do Pequeno Príncipe, este jovem menino loiro de echarpe ao vento que ele encontrou há muito tempo no deserto quando seu avião quebrou.

A cada página, o olhar da menina sobre a vida muda. E também ao longo dos encontros que o Pequeno Príncipe teve durante sua vida, como a Raposa e a Rosa.

Grandes atores concordaram em emprestar suas vozes aos diferentes personagens nas versões em inglês e francês do filme, como Jeff Bridges, Benicio del Toro, Marion Cotillard (a Rosa em ambos os idiomas), Vincent Cassel (Raposa) e André Dussollier que interpreta o aviador.

“Esta é uma tremenda alegoria sobre nossa infância e o desejo de que ela não desapareça”, explica André Dussolier.

A ideia do filme, que custou 57 milhões de euros, surgiu há 10 anos na cabeça de Dmitri Rassam, que levou mais cinco anos para concluir o projeto.

O tempo foi necessário para convencer o diretor, assim como os descendentes de Saint-Exupéry, e solucionar a questão dos direitos legais do romance.

“É realmente uma obra universal”.

“O filme encontrou um eco muito forte, como o livro que meus pais liam para mim quando eu era pequeno”, diz o coprodutor de 33 anos, que é filho de Jean-Pierre Rassam, também produtor de cinema (falecido em 1985) e da atriz Carole Bouquet.

Quase 250 pessoas trabalharam no filme para o qual foram utilizadas duas técnicas de animação: as imagens em 3D produzidas por computação gráfica e “stop motion”, onde pequenas figuras de papel são filmadas e animadas quadro a quadro.

Uma técnica mais tradicional que permite permanecer fiel ao texto de Saint-Exupery e próximo de seu desenho, segundo os produtores do filme.

Apresentado fora de competição no Festival de Cannes, o filme chegará aos cinemas brasileiros em 20 de agosto.

 

Poético, tocante, eterno : “Le Petit prince”, célebre conto escrito em 1943 por Antoine de Saint-Exupéry,  sempre tocou muito o público. Sua adaptação ao cinema foi um acontecimento no  Festival de Cannes.

Le Petit Prince

A  história é sobre uma menina educada por uma mãe rigorosa . Um dia , a criança se aventurou no jardim do seu vizinho, um homem velho que parece  a um certo Saint- Exupéry . O homem vai descobrir para menina a história do pequeno príncipe .

Une avant-premère du Petit Prince pour vos élèves

 

“Les moments les plus forts du livre”

Os cabelos loiros, a echarpe voando ao vento e as famosa réplicas do pequeno príncipe , com certeza estão no filme. “Eu queria mostrar os destaques do livro, o que as pessoas realmente tiram desta história. Eu pensei que a melhor maneira de fazê-lo era através de uma menina cuja vida é transformada pelo pequeno príncipe ” , disse o diretor  Mark Osborne .

Le Petit Prince - France
Réalisé par Mark Osborne – Avec Rachel McAdams, James Franco, Benicio Del Toro…


C’est l’histoire d’une histoire. C’est l’histoire d’une petite fille, intrépide et curieuse, qui vit dans un monde d’adultes. C’est l’histoire d’un aviateur, excentrique et facétieux, qui n’a jamais vraiment grandi. C’est l’histoire du Petit Prince qui va les réunir dans une aventure extraordinaire.

 

 

Fontes:

http://www.lepetitprince.com/2015/04/la-bande-annonce-du-film-du-petit-prince-en

http://culturebox.francetvinfo.fr/festival-de-cannes/hors-competition-0/cannes-2015-un-tres-beau-petit-prince-inattendu-220152

http://www.francetvinfo.fr/culture/cinema/festival-de-cannes/festival-de-cannes-le-petit-prince-raconte-sur-la-croisette_916599.html

http://sarasogna.eklablog.com/une-avant-premere-du-petit-prince-pour-vos-eleves-a116903562

http://www.lefilmfrancais.com/cinema/122848/le-petit-prince-snexpose-arludik

http://www.rtl.fr/culture/arts-spectacles/le-petit-prince-la-belle-aventure-de-saint-exupery-arrive-au-cinema-7775796141

http://www.ecranlarge.com/films/news/933443-le-petit-prince-tout-ce-qu-il-faut-savoir-sur-le-film-d-animation-de-2015

http://www.cheeky.fr/blog/2014/12/08/le-petit-prince-bande-annonce/

http://www.allocine.fr/diaporamas/cinema/diaporama-18641925/8

http://g1.globo.com/pop-arte/cinema/noticia/2015/05/o-pequeno-principe-ganha-animacao-do-mesmo-diretor-de-kung-fu-panda.html

Read more...


Festival de Cannes 2015

Acontece de 13 a 24 de maio mais uma edição do Festival de Cannes, um dos festivais mais importantes do cinema mundial. Nesta 68° edição, as mulheres ganharam um lugar importante.

colagem 2 nota 4

 

Três francesas concorrem como cineasta – Emmanuelle Bercot, com o filme “La tête haute” que abrira o festival.

Emmanuelle Bercot.

A diretora francesa Emmanuelle Bercot apresenta o filme de abertura do Festival de Cannes 2015, “La Tête Haute” Eric Gaillard/Reuters

Mais

Valérie Donzelli com “Marguerite et Julien

Cannes 2015 – “Marguerite & Julien” – Valérie Donzelli et Anaïs Demoustier illuminent la Croisette

Maiwenn com “MonRoi

Ainda sobre o Festival encontraremos várias outras atrizes com seus personagens importantes em alguns filmes que estão concorrendo.

Palme d’or d’honneur será dada a diretora de cinema Agnés Varda, como uma forma de reconhecimento ao talento feminino e toda a sua representação.

A Palme de Ouro de honra será atribuída à cineasta francesa Agnès Varda durante a Cerimónia de Encerramento do 68º Festival de Cannes. Até agora, apenas Woody Allen, em 2002, Clint Eastwood, em 2009, e Bernardo Bertolucci, em 2011, receberam esta distinção suprema em nome do Conselho de Administração do Festival de Cannes. Esta palma é atribuída a um realizador famoso cuja obra é notória no mundo, mas que, no entanto, nunca recebeu uma Palme d’or.

Fica claro desta forma que o papel da mulher no festival não é somente de desfilar com lindos vestidos no tapete vermelho.

Cannes 2015_3

Os presidentes do festival são os diretores Joel e Ethan Coen, e o júri será composto por personalidades do cinema vindas do mundo todo, como Rossy de PalmaSophie MarceauSienna MillerRokia TraoréGuillermo del ToroXavier Dolan e Jake Gyllenhaal.

Salada de Cinema

Joel e Ethan Coen

Le jury du Festival de Cannes 2015: Ethan Coen, Rokia Traoré, Sophie Marceau, Xavier Dolan, Joel Coen, Rossy de Palma, Jake Gyllenhaal, Sienna Miller et Guillermo del Toro. – AFP

júri oficial do Festival de Cannes 2015 Sophie Marceau, Xavier Dolan, Rokia Traore, Jake Gyllenhaal, Sienna Miller, Rossy de Palma e Guillermo del Toro ..

Um grande momento do cinema internacional!

A 68ª edição do Festival de Cannes decorre até 24 de maio, tendo uma vez mais o ator francêsLambert Wilson como mestre de cerimónias do certame.

Competição Oficial

Carol, de Todd Haynes (Austrália)

Il Racconto Dei Racconti, de Matteo Garrone (Itália)

Marguerite Et Julien, de Valérie Donzelli (França)

Dheepan, de Jacques Audiard (França)

La Loi Du Marché, de Stéphane Brizé (França)

Nie Yinniang (The Assassin), de Hou Hsiao Hsien (Taiwan)

Shan He Gu Ren (Mountains May Depart), de Jia Zhang-ke (China)

Umimachi Diary, de Hirokazu Koreeda (Japão)

Macbeth, de Justin Kurzel (Austrália)

The Lobster, de Yorgos Lanthimos (Grécia)

Mon Roi, de Maïwenn (França)

Mia Madre, de Nanni Moretti (Itália)

Saul Fia (Son Of Saul), de László Nemes (Hungria)

Youth, de Paolo Sorrentino (Itália)

Louder Than Bombs, de Joachim Trier (Noruega)

The Sea Of Trees, de Gus Van Sant (EUA)

Sicario, de Denis Villeneuve (Canadá)

Chronic, de Michel Franco (México)

Valley of love, de Guillaume Nicloux (França)

 

Un Certain Regard

AN, de Naomi Kawase (filme de abertura da secção Un Certain Regard)

Masaan (Fly Away Solo), de Neeraj Ghaywan

Hrútar (Rams), de Grímur Hákonarson

Kishibe No Tabi (Journey To The Shore), de Kurosawa Kiyoshi

Je Suis Un Soldat (I Am A Soldier), de Laurent Larivière

Zvizdan (The High Sun), de Dalibor Matanic

The Other Side, de Roberto Minervini

Un Etaj Mai Jos (One Floor Below), de Radu Muntean

Mu-roe-han (The Shameless), de Oh Seung-uk

Las Elegidas (The Chosen Ones), de David Pablos

Nahid, de Ida Panahandeh

Comoara (The Treasure), de Corneliu Porumboiu

Chauthi Koot (The Fourth Direction), de Gurvinder Singh

Madonna, de Shin Suwon

Maryland, de Alice Winocour

Alias Maria, de José Luis Rugeles Gracia

Taklub, de Brillante Mendoza

Lamb, de Yared Zeleke

Cemetery of Splendour, de Apichatpong Weerasethakul

 

Fora de Competição

Mad Max: Fury Road, de George Miller

Irrational Man, de Woody Allen

Inside Out, de Pete Docter & Ronaldo Del Carmen

La Tête Haute, de Emmanuelle Bercot

 

Sessões Especiais

Hayored Lema’ala, de Elad Keidan

Oka, de Souleymane Cisse

Sipur Al Ahava Ve Choshech (A Tale Of Love and Darkness), de Nathalie Portman

Amnesia, de Barbet Schroeder

Panama, de Pavle Vuckovic

Asphalte, de Samuel Benchetrit

Une histoire de fou (Don’t Tell me the Boy was Mad), de Robert Guédiguian

 

Sessões da Meia-Noite

O Piseu (Office), de Hong Won-chan

Amy, de Asif Kapadia

Love, de Gaspar Noé

Local

Palais des Festivals
Boulevard de la Croisette, Cannes,06400 France

Téléphone : 04 92 99 84 00

Fontes:

http://www.festival-cannes.fr/pt.html

http://www.festival-cannes.com/pt/archives/cms/55891.html

http://lulacerda.ig.com.br/paris-por-paulo-pereira-66/

http://www.parismatch.com/Culture/Cinema/En-images/Festival-de-Cannes-2015-Valerie-Donzelli-Anais-Demoustier-et-Jeremie-Elkaim-soudes-pour-le-photocall-de-Marguerite-Julien-765726

http://toutelaculture.com/cinema/competition-marguerite-et-julien-un-film-dont-le-recit-accroche/

https://cinelogin.wordpress.com/2015/04/16/cannes-2015-veja-a-lista-de-filmes-do-festival/

http://www.cinema7arte.com/site/?p=13322

Read more...


” Lumière ! Le cinéma inventé ” no Grand Palais

Em 22 março de 1895, em Paris, era exibido para uma pequena plateia aquele que ficaria conhecido como o primeiro filme da história La Sortie de l’usine Lumière à Lyon (A saída da fábrica Lumière em Lyon).

Auguste Lumière photographié par son frère Louis vers 1888 : démonstration de l’instantané photographique

FRERES LUMIERE

Sortie des usines Lumière.- FRERES LUMIERE- INSTITUT LUMIERE

Auguste e Louis Lumière são homenageados em Paris nos 120 anos do cinema. Foto: acervo Institut Lumière

Para marcar a ocasião dos 120 anos da sétima arte e homenagear seus inventores, os irmãos lyonnaisAuguste e Louis Lumière, o Salon d’Honneur do Grand Palais abre as portas para a exposição Lumière! Le Cinéma Inventé.

Na mostra, que  vai até o dia 14 de junho, será possível entender como a história do cinema está intimamente ligada a Paris e saber um pouco mais como a paixão pelas imagens levaram estes dois empresários franceses a chegar até o cinematógrafo.

A exposição também discorre sobre a evolução tecnológica da indústria cinematográfica ao longo destas 12 décadas e, claro, exibe trechos de vários filmes ao longo destes anos.

Exposition Lumière !

Lumière ! L’exposition

Présenté à Paris il y a 120 ans, le cinématographe des frères Lumière illumine le monument parisien dans une exposition intitulée Lumière ! Le cinéma inventé.

Présenté à Paris il y a 120 ans, le cinématographe des frères Lumière illumine le monument parisien dans une exposition intitulée Lumière ! Le cinéma inventé.

un homme photographie le "Photorama" des frères Lumière à l'exposition Lumière! Le cinéma inventé  au Grand Palais à Paris- afp.com - Bertrand Guay

un homme photographie le “Photorama” des frères Lumière à l’exposition Lumière! Le cinéma inventé  au Grand Palais à Paris- afp.com – Bertrand Guay

thierry-fremaux-directeur-de-l-institut-lumiere-et-du_932460_500x286

Thierry Frémaux, directeur de l’Institut Lumière et du festival de Cannes, présente l’exposition consacrée aux frères Lumière, le 25 mars 2015 au Grand Palais à Paris- afp.com – Bertrand Guay

Cinéfilos de Paris, imperdível!

” Une année de célébrations

L’exposition du Grand Palais, mise en scène par Nathalie Crinière, se présente comme une déambulation spectaculaire et nostalgique dans l’univers des Lumière : appareils d’origine, premiers films, reconstitution du Salon indien du Grand Café, les 33 chaises des premiers spectateurs payants de la séance du 28 décembre 1895, des documentaires sur cette fabuleuse aventure industrielle et familiale, des témoignages, des hommages. 

Une application « Lumière 1895 » permet de filmer comme les opérateurs du XIXe siècle (en 50 secondes !). Un DVD Blu-ray sortira d’ici fin mai avec 150 films Lumière restaurés. Un livre sera également publié en septembre. Des colloques et un parcours Lumière seront organisés à travers le monde.

« Lumière ! Le cinéma inventé », jusqu’au 14 juin, Grand Palais, Paris. Nocturnes jusqu’à 22 heures, les mercredis, jeudis, vendredis et samedis. De 10 h à 20 h, les dimanches et lundis. Tarifs : 9 et 13 €.  ”

Jean-Claude Raspiengeas

EXPO : LUMIÈRE ! LE CINÉMA INVENTÉ @ GRAND PALAIS

Lumière ! Le vernissage

« Lumière ! Le cinéma inventé »

27 março – 14 junho de 2015
Salon d’Honneur / Grand Palais / Paris

3 Avenue du Général Eisenhower 75008 Paris

De 10h-20h, fechado as terças

Tarifs : 13€ tarif normal, 11€ tarif réduit

 

Fontes:

http://www.grandpalais.fr/fr/evenement/lumiere-le-cinema-invente

http://ela.oglobo.globo.com/blogs/paris/

http://www.lefigaro.fr/cinema/2015/03/27/03002-20150327ARTFIG00379-au-grand-palais-le-cinema-se-projette-dans-le-passe.php

http://www.la-croix.com/Culture/Actualite/Lumiere-!-Le-cinema-invente-a-la-source-de-l-innocence-du-7e-art-2015-03-31-1297209

http://www.dvdclassik.com/news/le-cinematographe-lumiere-a-120-ans

http://information.tv5monde.com/en-continu/que-le-cinema-soit-et-les-lumiere-furent-24649

http://www.citizenside.com/fr/photos/culture/2015-03-26/110469/paris-le-cinema-des-freres-lumiere-s-expose-au.html#f=0/1187373

http://www.centrepresseaveyron.fr/2015/03/26/que-le-cinema-soit-et-les-lumiere-furent,953860.php

http://torrefacteur.co/event/expo-lumiere-le-cinema-invente/

Read more...


Cinémathèque Française tem mostra de cinema brasileiro

BRASIL ! UNE HISTOIRE DU CINEMA BRESILIEN

Até o dia 18 de maio, a Cinémathèque Française vai apresentar a mostra “Brasil! Une histoire du cinéma brésilien”. Trata-se de uma viagem através do cinema brasileiro através de debates e exibição de filmes que vão desde os mudos de Humberto Mauro e Mario Peixoto (Limite) até os recentes filmes de uma nova geração de cineastas da década de 2010 (como Esmir Filho, Kleber Mendonça Filho, Marco Dutra, Juliana Rojas).

Cena do filme "Bye, bye, Brasil", de Cacá Diegues. Foto: Divulgação

cenas do filem Bye, bye , Brasil de Cacá Diegues

byebyeBrasil6

O evento abriu exibindo “Bye, bye, Brasil”, com a presença do diretor, Cacá Diegues, convidado de honra.

Cacá Diegues, diretor de cinema brasileiro, convidado de honra de mostra  de cinema em Paris. Foto: Camila Maia/Agência O Globo

A mostra também passeia através das comédias leves da década de 1950, e de obras das grandes figuras do “Cinema Novo” da década de 1960, como Glauber Rocha e Cacá Diegues.

A retrospectiva da Cinémathèque Français oferece ainda a oportunidade de ver ou rever os clássicos, que tornaram-se cult movies, como “Cidade de Deus” e “Dona Flor e seus dois maridos”, e algumas projeções do chamado cinema marginal dos anos 1970.

” En présence de l’ambassadeur brésilien et de l’un des réalisateurs emblématiques du Cinema Novo, Carlos Diegues, la Cinémathèque Française ouvre un cycle consacré à un cinéma rare, peu connu, et pourtant un vrai filon de chef-d’œuvres et de pépites : le cinéma brésilien. 100 films au programme, de toutes les époques, sans oublier l’énigmatique film muet Limite de Mario Peixoto, tant adoré par Orson Welles et S.M. Eisenstein.

cinémathèquecyclebrésil

Après avoir évoqué le tournage de son nouveau film sur le cirque entamé à Lisbonne, Carlos Diegues nous en a donné un aperçu, excellente introduction à la projection qui suivait de son Bye Bye Brasil (1979). Un incroyable road movie sur des artistes de foire, le Roi des Gitans et la Reine de la Samba, la belle Salomé. Ils traversent le Nord du Brésil de part en part, ils vont de ville en ville, plus pauvre les unes que les autres, dans un camion baptisé Caravane Rolidei. En chemin, ils rencontrent, un jeune couple de paysans pauvres. Le jeune homme est un bon accordéoniste et sa femme est enceinte jusqu’aux yeux. Ils partent avec les artistes. Bye Bye Brasil est un véritable témoignage sur son époque et dessine avec précision le portrait d’un Brésil plein d’aberrations, d’injustices et de contradictions.

100 films, cent histoires différentes et extraordinaires… On est impatient de s’embarquer sur ce voyage envoûtant…”

Rita Bukauskaité

O cineasta Cláudio Marques é um dos convidados do evento Brasil! Une histoire du cinéma brésilien. O diretor iniciou sua participação debatendo a produção brasileira com os cineastas Cacá Diegues e Juliana Rojas, a crítica Tatiana Monassa e a pesquisadora Gabriela Trujillo. A conferência Panorama du cinéma brésilien aconteceu no dia 21 de março, um dia antes da exibição de “Depois da Chuva”, longa-metragem dirigido por Marques e Marília Hughes.

A dupla de cineastas esteve presente na sessão e conversou com o público sobre o filme, que vem colecionando críticas positivas desde a sua estreia em circuito comercial no Brasil, em janeiro. “A Cinemateca Francesa é o templo máximo do cinema mundial. É uma honra que ‘Depois da Chuva’ conste em uma retrospectiva de toda a história do cinema brasileiro, estando ao lado de filmes fundamentais, que nos formaram, orientaram e criaram em nós a paixão pelo cinema”, destaca Marques.

Apesar da longa trajetória internacional do filme, já apresentado em doze países, esta foi a primeira exibição da versão completa de “Depois da Chuva” na França (mostrado em Cannes como “work in progress”). Ambientado durante o movimento Diretas Já (1984), o filme traz um adolescente vivendo seu despertar político e amoroso, reunindo componentes históricos e os aspectos atemporais da juventude.

 
O filme “Casa Grande”, de Fellipe Barbosa, premiado diretor do curta “Beijo de Sal”

Aquele cara - Diretor: Dellani Lima

Em tempos de conservadorismo, um manifesto pela liberdade individual. Uma prosa biográfica sobre Jonnata Doll, um dos artistas contemporâneos mais expressivos de Fortaleza, Ceará.

O filme é baseado no livro homônimo de João Felício dos Santos e se passa entre os seculos XVI e XVII em um engenho de cana-de-açúcar.

Ganga – Zumba -1964- Cacá Diegues

Ganga bruta

Les bruits de Recife

Le Dieu noir et le Diable blond- Deus E o Diabo na Terra do Sol -1964-5

SANGUE MINEIRO – Humberto Mauro

SÃO PAULO- SOCIEDADE ANÔNIMA-1965

Fragmentos da vida –  1929 – José Medina

 

Une scène du film brésilien “Tourbillon” de Helvécio Marins Jr., et Clarissa Campolina. D.R.

l’année ou mes parents sont partis en vacances- o ano em que meus pais sairam de férias

 

Cinémathèque Française 

 51 rue de Bercy, 75012 Paris
Metrô: Bercy

As informações sobre toda a programação pode ser encontrada no site da Cinémathèque Française.

 

Fontes:

http://www.cinematheque.fr/

http://www.cinematheque.fr/fr/dans-salles/hommages-retrospectives/fiche-cycle/brasil-histoire-cinema-bresilien,619.html

http://ela.oglobo.globo.com/blogs/paris/

http://www.kinoscript.com/ouverture-du-cycle-brasil-une-histoire-du-cinema-bresilien-a-la-cinematheque-francaise/
http://www.quartavia.com.br/#!Depois-da-Chuva-é-destaque-em-mostra-brasileira-na-Cinemateca-Francesa/c1by7/18D88CE4-29CC-4698-A905-38F9E7F94B53
http://lusitanie.info/2015/03/le-cinema-bresilien-en-100-films-a-la-cinematheque/

Read more...

Flickr

RSS URL not defined

Entre em contato!

Tel. 55 11 9641 0432

Áreas atendidas – São Paulo, SP
_Higienópolis
_Pacaembú
_Perdizes
_Bela Vista
_Outras áreas: consulte!

Visite minhas redes sociais:

Scroll to top