Invent


Festival de Jazz de Saint Germain

Festival Jazz Saint-Germain

De 15.05 a 25.05 acontece em Paris a 14 edição do tradicional Festival Jazz à Saint-Germain-des-Prés.

Este ano a duração do evento foi reduzida, mas mesmo assim a programação é intensa e variada. O festival acontece no bohêmio bairro de Saint-Germain, na “Rive Gauche” (margem esquerda do rio Sena).

A abertura acontece em grande estilo na Église Saint-Germain-des-Prés, com o concerto do Youn Sun Nah Quartet (veja o video abaixo). Além deste, serão mais 10 shows pagos (Duke Ellington, Lellylee Evans e outros), cujos ingressos podem ser adquiridos pela bilheteria do site oficial do festival (clique aqui).

640x360_bis.jpg

 

Mas a programação prevê também diversos eventos gratuitos: 18.05, 14h15 às 19h -  Jazz au Féminin, na Place Saint-Germain-des-Prés – 3 shows que vão durar a tarde toda e trazem o jazz na voz de figuras femininas marcantes como Tricia Evy, Sofie Sörman e Natalia M. King;  Jazz et Bavardages, no Café les Éditeurs – discussões em torno da música, com temas, dias e horários variados. Uma apresentação de jovens talentos, com concurso, está prevista para os dias 17 e 1 18.05, no Sunset Sunside Club, localizado na Rue des Lombards, endereço que abriga também outras casas de jazz (shows gratuitos, mas com consumação obrigatória).

 Para a programação completa, acesse o site oficial. E confira baixo um vídeo de Youn Sun Nah, para ter o gostinho do show de abertura do festival, que será na Igreja Saint Germain des Pres !

 Youn Sun Nah surprend et transporte son public du rire aux larmes et en toute liberté, fidèlement soutenue par trois talentueux musiciens : Ulf Wakenius – guitariste aux côtés des plus grands, de Michael Brecker à Pat Metheny – l’accordéoniste Vincent Peiraniqui a su, à l’instar de Richard Galliano, redonner ses lettres de noblesse à cet instrument aux côtés de Michel Portal, Roberto Alagna ou Cheick Tidiane Seck, et le contrebassiste Simon Tailleu, vainqueur par deux fois du prestigieux concours de Jazz de la Défense.

Nouvel album « Lento », sortie le 12 mars 2013 chez ACT.

Youn Sun Nah : voix / Ulf Wakenius : guitare / Vincent Peirani : accordéon / Simon Tailleu : contrebasse.

 

Créé en 2001 et situé dans le quartier mythique de Saint-Germain-des-Prés, berceau du jazz en Europe, le Festival Jazz à Saint-Germain-des-Prés Paris n’est pas un festival de plus mais un festival à part. Il est l’un des événements jazz majeurs parisiens et propose chaque année :

  • Des concerts exceptionnels, fondée sur des rencontres inédites d’artistes, des découvertes de talents et des coups de cœur ;
  • Des têtes d’affiche et des jeunes talents. Au festival depuis 2001 : Dee Dee Bridgewater, Brad Meldhau, premier concert en France de Norah Jones, Manu Katché, Manu Dibango, Michel Legrand, Michel Portal, Paolo Fresu, Kenny Barron, Kurt Elling, Lucky Peterson, Richard Galliano, Ben l’Oncle Soul, Raphael Gualazzi ;
  • Un cadre exceptionnel, unique et patrimonial : l‘Église Saint-Germain-des-Prés, la Maison des Océans, l’Université Paris-Sorbonne, l’Université Paris Descartes, le Sénat, le Couvent des Cordeliers, le Théâtre de l’Odéon, l’Hôtel Lutetia, le Centre Culturel Irlandais…
  • Le jazz comme une culture pluri-artistique : concerts, expositions photos, Jazz & Bavardages, conférences, master class, Jazz & Champagne…

 

 Les programmes de poche seront  disponibles dans de nombreux lieux culturels, à la Mairie du 6e arrondissement de Paris et au kiosque d’information du Festival à partir du 28 avril place Saint-Germain-des-Prés.

Fontes:

http://festivaljazzsaintgermainparis.com

http://festivaljazzsaintgermainparis.com/home/

http://paris-ile-de-france.france3.fr/2014/04/24/festival-jazz-saint-germain-des-pres-paris-465423.

https://www.facebook.com/festivaljazzsaintgermainparis

Read more...


Jean -Louis Albert canta Michel Houellebecq

2014 será muito especial para Jean-Louis Aubert porque será o aniversário dos seus vinte e cinco anos de carreira. Neste intervalo ele publicou oito álbuns, todos marcados por muito sucesso. O mais recente, « Roc’Eclair », lançado em 2010,  foi o segundo mais vendido da França por várias semanas – o primeiro era ‘Bleu Noir’, de Mylène Farmer. Depois o disco de Mylène perdeu o trono para ‘Bretonne’ de Nolwenn Leroy mas « Roc’Eclair » continuou firme no segundo lugar.
Maintenant je reviens
Puisses-tu

Pelos vinte e cinco anos de carreira, o ex-guitarrista do grupo ‘Téléphone‘ preparou uma surpresa para os fãs: uma releitura dos poemas de Michel Houellebecq. Segundo a assessoria do artista, Jean-Louis conheceu o poema de Houellebecq nas férias, na saída de um filme de Philippe Garrel, em cuja trilha sonora havia trabalhado.
Posteriormente escreveu timidamente um e-mail para o poeta solicitando permissão para musicar seus poemas. A princípio Aubert estava hesitante, ‘ele poderia recusar, não gostar, não responder’, confessou. Mas contrariando à expectativa, Michel respondeu dizendo sentir-se honrado com o tributo: ‘Estou muito satisfeito e até orgulhoso de ser uma fonte de inspiração’, revelou. Foi o começo de uma longa correspondência que os fãs poderão ler na íntegra no livreto do álbum ”Aubert chante Houellebecq- Les parages du vide”, previsto para 14 de abril. Para os mais apressados ele divulgou o clipe da faixa ‘Isolement‘.

 

Fontes:

http://amusicafrancofona.blogspot.com.br/

http://www.chartsinfrance.net/Jean-Louis-Aubert/news-80871.html

http://zik-zag.blog.leparisien.fr/archive/2010/10/index.html

 

Read more...


Indila faz seu segundo clipe : Tourner dans le vide

Você conhece a cantora Indila?
Eu já falei sobre ela num outro post , é só conferir !!!
Se  você acessa algum site francês de música provavelmente já se deparou com ela em algum momento. Desde setembro do ano passado que seu hit ‘Dernière Danse‘ encabeça o ranking dos singles mais vendidos na França. E se ele não está na primeira posição, pelo menos está entre as primeiras como na lista divulgada desta semana, em que aparece no sexto lugar.
Dernière danse
Mas nem sempre o sucesso de vendas de um single se refletirá no álbum. Como pôde ser conferido pelo caso do cantor Stromae em 2010. A canção ‘Alors on Danse’ foi um hit planetário mas o disco ‘Cheese’ vendeu um pouco mais que 75.000 cópias na França. Até nisso Indila se diferencia dos colegas: seu primeiro trabalho ‘Mini World’ é atualmente o terceiro mais vendido do hexágono, segundo o site ‘Disque en France’. Nas rádios ela também é a número três. ‘Dernière Danse’ é a terceira canção mais tocada das rádios francesas e o clipe o segundo mais executado na TV da França.
Um sucesso que parece estar longe de acabar. Dos vinte países em que  ’Mini World‘ foi lançado pode-se falar em sucesso na Bélgica, Suíça, Rússia, Bulgária e Israel. Em todos os países citados o disco recebeu um bom acolhimento da parte do público na primeira semana do lançamento. Na Romênia e na Grécia o single ‘Dernière Danse’ estreou em primeiro lugar no Itunes. No hexágono a imprensa comenta que a garota está fazendo um verdadeiro ’carton à l’international’, como é difícil de se ver  para um artista que canta em francês.
Para comemorar a torrente de sucesso a produção lançou nesta sexta-feira ‘Tourner dans le vide’, o segundo clipe do álbum.

 

 

 

Tourner dans le vide

Vous n’avez pas fini d’en entendre parler ! La mystérieuse Indila dévoile aujourd’hui le clip de son nouveau single “Tourner dans le vide”, deuxième extrait de l’album “Mini World”. Il y a fort à parier que cette vidéo booste les ventes d’un morceau qui grimpe doucement dans le Top Singles. Cette vidéo est l’occasion pour Indila de planter le décor d’une romance dramatique, celle d’une femme amoureuse d’un tailleur de pierre mais promise à un puissant. « C’est un clip que j’ai voulu faire à l’image de “Dernière danse”, surtout sur le plan de l’investissement humain et artistique » a déclaré Indila à nos confrères du “Parisien”.

Fontes:

http://amusicafrancofona.blogspot.com.br/

http://www.chartsinfrance.net/Indila/news-91418.html

http://www.chartsinfrance.net/actualite/news-91517.html

http://popcorker.wordpress.com/2014/04/12/indila-unveils-tourner-dans-le-vide-video/

http://zikever.over-blog.com/

http://www.trackmusik.fr/media/i/indila/mini-world

Read more...


Les soeurs Boulay – banda quebequense

Duo formado pelas irmãs Stéphanie e Mélanie Boulay, ‘Les Sœurs Boulay‘ é hoje uma das bandas mais famosas do atual cenário quebequense.

 

Recentemente a dupla subiu ao palco da Adisq para receber um prêmio honorário pelas vendas digitais do primeiro álbum ‘Le poids des confettis’, lançado em março de 2013.

 

Les sœurs Boulay || Par le chignon du cou

Para um observador superficial essa seria apenas a recompensa de uma parceria antiga. Não exatamente. Na verdade, no início da carreira, as duas seguiram seu próprio rumo trabalhando como coristas ou tentando se lançar como solistas antes de decidirem cantar juntas. Mas foi só quando decidiram unir suas vozes apresentando-se como ‘Les Sœurs Boulay‘ que as coisas começaram a andar rapidamente.

 Primeiro veio um ‘EP’, depois um prêmio no Francouvertes, em seguida surgiu a oportunidade de se apresentarem no Francofolies de Montréal e nas pequenas salas de Gaspésie, Charlevoix e Côte-Nord. 

 Por último, consequentemente, lançaram o primeiro disco que teve uma boa recepção do público e das críticas. Em outubro do ano passado ‘Le poids des confettis’ recebeu o troféu Félix de Álbum Folk do Ano além de sete indicações ao Gamiq, a maior premiação da música independente do Quebec.

Em fevereiro de 2014 foram eleitas uma das  cinquenta personalidades de 2013 da edição quebequense da revista ‘Elle’. Mas a exploração do álbum ainda não acabou, para dizer a verdade, ainda nesta semana elas divulgaram um novo clipe, ‘Cul-de-sac’.

 

 

Fontes:

http://lessoeursboulay.bandcamp.com/

http://amusicafrancofona.blogspot.com.br/

http://bangbangblog.com/les-soeurs-boulay-%E2%80%93-les-soeurs-boulay-ep

http://www.ledevoir.com/culture/musique/370065/21-nouveaux-talents-aux-francouvertes

Read more...


Exposição fotográfica ” Fabulous Crazy Horse ” – Riccardo Tinelli

Exposição fotográfica de Riccardo Tinelli de 02-11 abril 2014

Crazy Horse e Purgatoire-54 Paradis , espaço de evento dedicado à arte contemporânea e artes culinárias,  tem o prazer de apresentar do dia 2-11 de abril: Fabulous Crazy Horse, “qui es- tu derrière ces lumières?  uma exposição fotográfica exclusiva dedicada à feminilidade e glamour, nascida da união entre  a arte Riccardo Tinelli e  o Crazy Horse.

Depois de uma primeira colaboração com o famoso cabaré parisiense, Riccardo permaneceu sob o encanto deste monumento das noites parisienses, fascinado pela atmosfera que prevalece lá. Ansioso para desvendar os mistérios, Riccardo faz uma imersão nos bastidores do Crazy Horse e nos mostra a sua visão artística .

L’ambition première de Riccardo Tinelli était de capturer des instants uniques et privilégiés afin de montrer les danseuses telles qu’elles sont. Leur sensualité naturelle et spontanée cache la complexité et la rigueur qu’exige la danse professionnelle. Guidées par l’oeil complice du photographe, elles se sont alors prises au jeu des clichés pour révéler des moments d’intimité rare.

Venus Océane, Mika Do & Yasna Snigoura, 2013.
Impression digitale sur papier fine-art, 120×140 cm.

Verdadeira chamada para o glamour, o show no Crazy Horse desperta nosso desejo e desperta nossa imaginação. O principal objetivo do Riccardo Tinelli era capturar momentos únicos e especiais para mostrar as bailarinas como elas são. Sua sensualidade natural e espontânea esconde a complexidade e rigor exigido da dança profissional. Guiados pelo olhar atento do fotógrafo, então eles são  levados para os clichês do jogo para revelar momentos de intimidade rara.

ch

L’exposition permet au spectateur de
découvrir « derrière les lumières » l’âme du célèbre cabaret parisien.

L’ambition première de Riccardo Tinelli était de capturer des instants uniques et privilégiés afin de montrer les danseuses telles qu’elles sont. Leur sensualité naturelle et spontanée cache la complexité et la rigueur qu’exige la danse professionnelle. Guidées par l’oeil complice du photographe, elles se sont alors prises au jeu des clichés pour révéler des moments d’intimité rare.

L’ambition première de Riccardo Tinelli était de capturer des instants uniques et
privilégiés afin de montrer les danseuses telles qu’elles sont. Leur sensualité naturelle et spontanée
cache la complexité et la rigueur qu’exige la danse professionnelle. Guidées par l’oeil complice du
photographe, elles se sont alors prises au jeu des clichés pour révéler des moments d’intimité rare.

 Atrás das luzes, as meninas Crazy Horse revelam um mundo fantástico e mítico.

 

Brilhando com posturas corporais ousadas. Figurinos preciosos e elegantes. Olhos misteriosos e , sorrisos travessos. Mulheres brincalhonas e sedutoras …

Através de suas fotografias, Riccardo Tinelli conta a fascinante personalidade das dançarinas que abandonam a sua paixão pela dança. Muito mais do que uma paixão, é uma obsessão generalizada, um veículo para a criatividade e uma fonte de comunicação.

A exposição permite ao espectador ver “por trás das luzes” , a alma do cabaré parisiense.

Riccardo Tinelli

Riccardo Tinelli nasceu em Treviso, Itália. Ele é um fotógrafo  profissional. Foi com a idade de 17 anos  que Riccardo comprou sua primeira câmera. Desde então, ele continua a fotografar e encontra inspiração na vida cotidiana. Ele reproduz um mundo dinâmico, com formas doces e coloridos e paisagens exóticas.

Ele divide seu tempo entre Nova York e o décimo arrondissement de Paris.

Fabuloso Crazy Horse: “Quem é você por trás dessas luzes?” 
Exposição fotográfica de Riccardo Tinelli 

De 2 a 11 de abril de 2014 
Purgatoires-54 Paradis

54 rue de Paradis, 75010 Paris.

galeria está aberta ao público de segunda a Sexta das 10:00 às 18:00 h, exceto evento particular e excepcional.

Informações: 
01 48 78 77 13 -

 

fonte:

http://www.lecrazyhorseparis.com/fr/dernieres-news/fabuleux-crazy-horse.

http://vanessassecrets.net/2014/03/12/fabuleux-crazy-horse-au-purgatoire/

http://le-purgatoire-paris.fr/

http://obsession.nouvelobs.com/people/20140320.OBS0618/photos-les-diablesses-du-crazy-au-purgatoire.

http://www.peopleinside.fr/fabuleux-crazy-horse-au-purgatoire-exposition-photographique-de-riccardo-tinelli/news/74389

Read more...


“Les femmes s’en melent ” – Festival na França, em Paris e em outras cidades

Prepare-se para descobrir a 17 ª edição do Festival Les femmes s’en melent – o ponto de encontro da cena musical de Mulheres Independentes – que investem Paris , mas também em muitas outras cidades do Hexágono, de 18 de março to 4 de abril de 2014 .

 

A 17 ª edição do festival  acontece de 18 de março até 4 abril de 2014, em Paris , mas também em Nantes, Bordeaux ou Toulouse para uma nova temporada rica em descobertas  de novas pérolas musicais e mais precisamente de artistas femininas da cena rock independente !

Este evento musical, tornou indispensável aos olhos dos mais apaixonados, se estenderá ao longo de várias noites e várias cidades do Hexágono, não esquecendo , é claro, uma passagem pela capital , onde o festival acontecera´em vários lugares:  Divan du Monde , o Instituto Sueco, em 104 , a Igreja Saint- Merri , o Centro Georges PompidouMachine du Moulin Rouge.

 

Nesta edição 2014  do festival , mais uma vez , belas surpresas visuais e auditivas ! O festival contará com artistas como Cults , Emily Jane White , Nadine Shah , Alice Lewis, Anna Aaron , Suzanne Combo ou Courtney Barnett e Sir Alice.

Uma coisa é certa , se você quer viver uma experiência surpreendentemente festiva, hipnotizante e eletrizante de uma só vez ,  não perca a 17 ª edição do Festival , de 18 de março to 04 de abril de 2014 !

PROGRAMME PARIS – ÎLE DE FRANCE

Julianna Barwick

Julianna Barwick  (USA)

Lidwine

Lidwine (FR)

 

  • Le 19 mars 2014 à l’Eglise Saint Merry
    Julianna Barwick e Lidwine
Sir Alice

Sir Alice (FR)

  • Le 20 mars 2014 au Centre Pompidou
    Sir Alice, Bernhard Willhelm
  • Le 21 mars 2014 au 104
    Chrysta Bell, D E N A, Forêt, Karol Conka, Léonie Pernet, Liz Green, Ólöf Arnalds, Suzanne Combo

Alice Lewis

Alice Lewis (FR)

Karol Conka

A brasileira Karol Conka

Liz Green

Liz Green (UK)

  • Le 22 mars 2014 au 104
    Alice Lewis, Anna Aaron, Cults, Emily Wells, Kandle, Lorelle Meets The Obsolete, Nadine Shah, Nicole Sabouné
  • Le 22 mars 2014 au Plan de Ris Orangis
    D E N A, Karol Conka, Sir Alice
Emily Jane White


Emily Jane White (USA)

Angel Olsen

Angel Olsen(USA)

Eleni Mandell
Eleni Mandell (USA)

  • Le 26 mars 2014 au Divan du Monde
    Emily Jane White, Angel Olsen et Eleni Mandell

Skator
Skator (SWE)

  • Le 27 mars 2014 à l’Institut Suédois
    Skator

Barbi(e)turix

Barbi(e)turix (FR)
De La Montagne

De la Montagne (FR)

Dominique Young Unique

 Dominique Young Unique (USA)

Gnucci

Gnucci (SWE)

Linkoban

Linbokan (DNK)

La Luz

La Luz (USA)

Kim Ki O

Kim Ki O ( TUR)

  • Le 28 mars 2014 à la Machine du Moulin Rouge
    Dominique Young Unique, Gnucci, Linkoban, La Luz, Kim Ki O, Barbi(e)turix…
  • Le 29 mars 2014 au File 7 de Magny-Le-Hongre
    Mesparrow, Hollysiz
HollySizHollySiz
  • Le 4 avril 2014 au Rack’am de Bretigny-Sur-Orge
    Alice Lewis, Elysian Fields

Alguns videos dos artistas:

Fontes:

http://www.lfsm.net/

http://www.sortiraparis.com/scenes/concert-musique/articles/47796-le-festival-les-femmes-s-en-melent-devoile-sa-programmation-2014

http://www.digitick.com/skator-concert-institut-suedois-paris-27-mars-2014-css4-digitick-pg101-ri2205154.

http://www.lamachinedumoulinrouge.com/festival-les-femmes-sen-melent-dominique-young-unique-gnucci-la-luz

http://www.melty.fr/les-femmes-s-en-melent-17-une-scene-100-feminine-a263101.html

Read more...


Quem é Indila, a Revelação do Inverno Francês?

Quem é: Indila, pseudônimo da cantora Adila Sedraia, uma jovem parisiense de origem argeliana e ascendência cambojana, egípcia e indiana. Uma ‘enfant du monde’ como ela prefere se definir. ‘Dernière Danse’, seu primeiro single lançado a 13 de novembro de 2013, é o segundo mais vendido da França desde então. Atualmente a música também é a terceira mais pedida das rádios francesas, segundo o instituto Media Forest. Sucesso que se refletiu no clipe lançado em dezembro que atualmente é o segundo mais executado nas TVs francesas e um fenômeno na web. Até o momento ele já foi visualizado mais de vinte e seis milhões de vezes. Um recorde para um clipe francês. Para coroar tudo: “Mini World”, seu primeiro álbum apresentado semana passada, estreou em primeiro lugar nos charts franceses, destronando Stromae. Que poder!
Trajetória: ‘A música sempre fez parte da minha vida. Dei meu primeiro concerto no maternal. Minha avó se apresentava em casamentos’. Não é de surpreender que antes de alcançar as paradas de sucesso como cantora solo, Indila já tenha oferecido seus préstimos como letrista ou intérprete para vários cantores franceses de R’n'B como: Kayna Samet na música ‘Yema’, TLF em ‘Criminel’, Algérino na canção ‘Effet Miroir’, ‘Poussière d’Empire’ de Nessebeal, Soprano, com quem fez um duo na canção ‘Hiro’, Rohff em ‘Thug Mariage’,'Bye Bye Song’ de DJ Abdel e no hit ‘Dreamin’ de Youssoupha, lançado em 2011. Os quatro últimos são os maiores rappers da França.


Influências: Quando o assunto é referência musical, Indila é eclética. Ouve de Michael Jackson ao gênio Jacques Brel passando por  Ismaël Lo, Buika, Warda, Mecano e Lata Mangeshkar, entre outros. Atualmente ela está trabalhando no novo álbum de M Pokora.
Comparações: A ladainha é sempre a mesma. Basta um artista fazer sucesso para a imprensa comparar seu êxito ao de outro a quem eles lembram em algum aspecto. No caso de Indila, o olhar caliente primeiro fez a mídia pensar em Hélène Ségara. A garota tem sucesso comercial e um ar misterioso? ‘É a nova Mylène Farmer!’ Faz pop com estilo oriental? ‘É Najoua Belyzel!’ Mas a moça também já foi comparada à Marie Laforêt e Natasha Atlas. Diante de tudo isso Indila ri: ‘Eu mesma fiquei impressionada ao descobrir estas comparações. Nunca imaginei ter similitudes vocais com esta bela artista (Najoua Belyzel). Para mim tudo isto é muito agradável. Mas penso que o que me une a Marie Laforêt, Piaf ou Najoua é a capacidade de transmitir emoções’, reflete.

 

Fonte:

http://amusicafrancofona.blogspot.com.br/

http://actualite.portail.free.fr/culture/24-02-2014/indila-quotgrandir-avec-mon-publicquot/

http://zikever.over-blog.com/2014/03/indila-numero-1-du-top-physique-et-digital.html

Read more...


Globo de Cristal 2014 – Stromae e Ayo estão entre os premiados

Desde 2006 um juri formado por 30 jornalistas, presidido por uma personalidade da imprensa, estabelece uma lista dos cinco artistas que mais se destacaram em doze domínios das artes. O vencedor de cada categoria recebe o Globo de Cristal, um dos troféus de maior importância na França.
Na edição 2014 que aconteceu nesta segunda-feira, 10 de março, o vencedor do prêmio de melhor cantor foi o belga Stromae, que sucedeu a Raphaël, vencedor ano passado. Na premiação de melhor cantora quem levou o troféu foi a desconhecida Ayo, desbancando Vanessa Paradis, Zaz e Carla Bruni e, finalmente, no quesito comédia musical a campeã foi ‘Disco’.
Sobre a cantora Ayo: Joy Olasunmibo Ogunmakin nasceu a 14 de setembro de 1980 na Alemanha. Ainda cedo ela se interessou pela música, primeiro aprendendo violino e piano, depois violão. Em 2006 lançou o primeiro álbum ‘Joyful’, apresentado pelo single ‘Down on my Knees’, escrito num estilo reggae/soul que a popularizou pelo mundo. Depois vieram ‘Gravity at last’, ‘Billie-Eve’ e  ’Ticket To The World’.
Meilleure Interprète Féminine
Ayo - Ticket to the World [GAGNANTE]
Carla Bruni - Little French Songs
HollySiz - My Name Is
Vanessa Paradis - Love Songs
Zaz - Recto verso
Le grand gagnant de la dernière cérémonie des Victoires de la musique, Stromae,n'était pas présent pour récupérer le globe de cristal du meilleur interprète masculin. Le succès de son dernier disque Racine carrée (Universal) n'est pas prêt de s'arrêter.
Meilleur Interprète Masculin
Bernard Lavilliers - Baron samedi
Julien Doré - Love
Stromae - Racine carrée [GAGNANT]
Vincent Delerm - Les Amants parallèles
Yodelice - Square Eyes
La troupe de  Disco  a reçu le globe de cristal de la meilleure comédie musicale.
Meilleure Comédie Musicale
Airnadette, mise en scène de Pierre-François Martin – Laval
Disco, mise en scène de Stéphane Jarny [GAGNANT]
La Belle et la Bête, mise en scène de Glenn Casale
My Fair Lady, mise en scène de Robert Carsen
Spamalot, mise en scène de Pierre-François Martin – Laval

Ayo
Stromae

Disco- comedie musicale

Fontes:
http://amusicafrancofona.blogspot.com.br/
http://www.lefigaro.fr/culture/2014/03/11/03004-20140311ARTFIG00297-globes-de-cristal-2014-entre-bonnes-surprises-et-ennui-total.php

Read more...


ZAZ faz show pela primeira vez em São Paulo

 Isabelle Geffroy, é uma cantora francesa, mais conhecida como Zaz…Seu estilo mistura a variedade francesa de jazz, soul e acústico. Ela nasceu em 1 de maio de 1980, na cidade francesa de Tours. É famosa por seu hit “Je Veux”, número 1 nos charts franceses, de seu primeiro álbum, Zaz, lançado em 10 de maio de 2010. Sua voz se assemelha à Fréhel e Piaf.

Entre suas influências musicais, houve o Four Seasons de Vivaldi, cantores de jazz como Ella Fitzgerald, canções francesas, Enrico Macias, Bobby McFerrin, Richard Bona, o Afro, Latin e ritmos cubanos.

Em 2001, ela começou sua carreira cantando na banda de blues “Fiftya Fingers”. Ela cantou em grupos musicais em Angoulême, especialmente em um quinteto de jazz… Ela se tornou um dos quatro cantores da Izar-Adatz (Shooting Star), uma banda de variedade que consistia em dezesseis pessoas com quem excursionou por dois anos, especialmente no Midi-Pirinéus e do País Basco. Ela trabalhava no estúdio como corista em Toulouse e executado com vários cantores, incluindo Maeso, Art Mengo, Max Vladimir, Mader Jean-Pierre e Guerao Serge.

Em novembro de 2010, o álbum de estréia Zaz tornou-se duplo platina, e foi premiada como “Música Revelação” pela Academia Charles Cros. Zaz também ganhou o European Border Breaker Awards: ela foi nomeada a artista francesa mais tocada no exterior em 2010. Segundo uma pesquisa publicada pela L’Internaute, Zaz foi a cantora favorita dos franceses no ranking de 2010.

Esta nova diva francesa apresenta o show, Recto Verso, nos dias 22 e 23 de março, dentro da Festa Internacional da Francofonia no Sesc Pompeia.

Três letras formam o nome da cantora ZAZ, ou Isabelle Geoffroy, que vem ao Brasil pela primeira vez em março, como parte de sua turnê inédita na América Latina. A francesa de 33 anos, que conquistou o mundo com sua voz grave e suave, vem a São Paulo para apresentar os sucessos de seus dois discos, ZAZ (2010) e o mais recente trabalho Recto Verso, lançado em maio de 2013.

Puxada pela hit “Je Veux”, de seu primeiro álbum, ZAZ caiu no gosto do público com uma canção que condena a sociedade de consumo afirmando “que dinheiro não traz felicidade”. O álbum chegou ao topo das paradas francesas e transformou a cantora na nova sensação da nouvelle chanson no país.

A mistura de jazz, canção francesa e pop de ZAZ a fez estourar, na verdade, por toda a Europa, onde a artista tem cumprido, nos últimos meses, uma agenda de shows intensa, apresentando Recto Verso, todo cantado em francês.

Agora é a vez dos brasileiros terem a chance de vê-la ao vivo interpretando canções como “On Ira”, primeira faixa do novo disco; “Comme ci, comme ça”, um skiffle pontuado pelo piano de Fred Lafage; “Dans ma Rue”, regravação da música de Edith Piaf, a quem ela homenageia no disco de estreia; “Gamine”, um pop retrô à la B-52s; e “Nous debout”, que traz um clima mais soul, com toques country e belos acentos de guitarra, além de “Si”, “Les Passantes” e, claro, “Je Veux”.

On Ira

Comme ci comme ça

Dans ma rue

Isabelle  saiu  de Tours para morar em Paris, em 2006, decidida a ser cantora. Por lá, cantou em cabarés e nas ruas da capital por um ano, até que o anúncio de uma gravadora mudou a sua vida. Nele, o compositor Kerredine Soltani procurava uma jovem para interpretar canções de jazz, e ZAZ se enquadrava perfeitamente no perfil. No mesmo período, conheceu o cantor francês Raphaël que, seduzido pela sua voz, escreveu três das onze canções do primeiro álbum: “Éblouie par la nuit”, “Port Coton” e “La Fée”. A partir daí, não parou mais.

Com apoio do Institut Français, Bureau Export de La Musique, Consulado Francês em São Paulo e da agência Green Go, ZAZ faz duas apresentações na capital paulista, dias 22 e 23 de março, como atração principal do projeto Festa Internacional da Francofonia no Sesc Pompeia. A cantora também se apresenta em Belo Horizonte (dia 19) e no Rio de Janeiro (dia 20).

SERVIÇO
Data: 22 e 23 de março de 2014
Dia 22, sábado, às 21h30
Dia 23, domingo, às 19h00
Festa Internacional da Francofonia
Local: SESC Pompeia / Choperia
Endereço: Rua Clelia, 93 – Pompeia – São Paulo
Tel.: (11) 3871-7700
Ingressos: R$ 40,00 / R$ 20,00 (meia entrada) / R$ 4,00 (comerciário)
Venda online a partir de 10/03
Venda presencial nas Unidades a partir de 12/03
Censura: 18 anos.
www.zazofficial.com

Fonte:

http://www.inker.art.br/blog/?p=3421

http://www.lastfm.com.br/event/3803382+Zaz+at+SESC+Pomp%C3%A9ia+on+22+March+2014

http://www.lastfm.com.br/music/Zaz

 

Read more...


Teatro Chaillot, no Palais de Chaillot


Do outro lado do Sena, na frente da Torre Eiffel, se encontra o Palais de Chaillot.

 

Construído durante os anos 1930, hoje este monumento é considerado como um dos mais bonitos desta época.

No Palais de Chaillot encontra-se a Cité de l’Architecture et du Patrimoine, cujo objetivo é promover o patrimônio e o arquitetura francesa da idade média até hoje, e o Theatre National de Chaillot.

Antigamente denominado  Théâtre National Populaire, o Théâtre national de Chaillot foi palco de personalidades , e  esteve sob várias direções, foi transformado para oferecer aos coreógrafos e ao público um espaço dedicado a representações.

 O Palais de Chaillot  situado no  16e arrondissement  é constituido de 2 pavilhões : le Théâtre de Chaillot (à esquerda) et le Musée de l’Homme (à direita). No meio se encontra um grande terraço,( l ‘Esplanade des Droits de l’Homme) que oferece uma vista magnífica da Tour Eiffel.

The Trocadéro, site of the Palais de Chaillot, Paris

O Théâtre National de Chaillot  foi criado em 1975 se encontra ” en contrebas de cette esplanade “.

Depois que passarem a porta da entrada principal , é preciso ficar na esquerda e descer uma escada de mármore  que se encontra no  hall ( a escada se encontra embaixo do quadro ) dando acesso as outras salas de espetáculo (Salle Jean Vilar ).

 Théâtre national de Chaillot – Hall d’entrée

 Com certeza vocês ficarão muito impressionados pelo foyer principal   que é uma galeria de uns 88 metros de comprimento ricamente decorada com dourados, marmores e pinturas. Este  foyer possui janelas altas dando vista ao Champ-de-Mars ).

  Theatre national de Chaillot : Grand foyer (photo P. Berger)

O teatro foi dirigido por personalidades como Jean Vilar (auteur, metteur en scène) ou Jack Lang (homme politique français), e está desde julho de 2011 sob a direção de Didier Deschamps, ancien danseur chorégraphe.

O Théâtre national de Chaillot é aberto a todas as formas de expressão, mas desde 2008 a programação dá mais enfase aos projetos artísticos de companhias de dança contemporanea..

A partir do térreo esta escada conduz ao teatro, ao bar e ao restaurante do Chaillot.

De um lado o restaurante, uma grande sala, com sua bela decoração anos 30.

Do outro lado o bar. A magia deste espaço se encontra nesta parede ritmada por pilastras e grandes janelas de vidro dando para a torre Eiffel.

A sala do teatro  é  magnífica.

 Théâtre national de Chaillot – Salle Jean Vilar (photo P. Berger) -

Dans la grande salle Jean Vilar, il y a 1300 places !

Teatro lotado todos os dias!!!

Programação de dança para fevereiro e março de 2014 !!!

Theatre de Chaillot – 1 Place du Trocadero 75016 Paris – metro Trocadero.

www.theatre-chaillot.fr

www.citechaillot.fr

 

Fonte:

http://www.conexaoparis.com.br/2008/10/16/teatro-em-paris-o-palais-de-chaillot/

http://theatre-chaillot.fr/la-saison

http://www.danseraparis.fr/le-the%C3%A2tre-national-de-chaillot,-un-lieu-ouvert-a-tous..php

http://ecolebrecheauxloups.net/le-theatre-de-chaillot-mai-2011/

 

Read more...

Flickr

RSS URL not defined

Entre em contato!

Tel. 55 11 9641 0432

Áreas atendidas – São Paulo, SP
_Higienópolis
_Pacaembú
_Perdizes
_Bela Vista
_Outras áreas: consulte!

Visite minhas redes sociais:

Scroll to top