Invent


A fotógrafa brasileira Lita Cerqueira no espaço cultural LusoFolie’s, em Paris

Lita Cerqueira 4

Convidada pelo restaurante e espaço cultural LusoFolie’s, em Paris, a fotógrafa brasileira Lita Cerqueira apresenta, mais uma vez na cidade, uma série de seu lindo trabalho.

 Uma exposição com fotos inéditas, em preto e branco, de portraits e paisagens que nos transportam à alma brasileira, alegre e densa de emoção.

 Lita nasceu em 1952 em Salvador (BA), e no ano de 1971 deixou escola, família e trabalho para seguir em busca do sonho hippie. Fotógrafa autodidata, ela traduz, em sua obra, o cotidiano simples de anônimos, com cenas e retratos captados instantaneamente nas ruas.

Lita Cerqueira 3

 

As fotos de Lita Cerqueira são bem a resultante da sensibilidade de um olhar trabalhado na ânsia e na argúcia de um povo oprimido, mas altivo e paciente; ao lado da dimensão mágica dessa civilização em processo, a quarta dimensão na vida das nações inspiradas como o Brasil”.

Gilberto Gil

Lita Cerqueira 2

O trabalho de Lita é de uma sensibilidade enorme; ela consegue captar de uma forma singular o momento único de personalidades da música brasileira, de personagens da vida cotidiana da Bahia, sua terra natal, o clima bucólico do final da tarde nas praias do Rio de Janeiro, a magia das manifestações religiosas em Salvador, um universo ligado a seu pais e a sua gente, seus amigos, seus ídolos, suas referências de toda uma vida.  Uma forma muito digna de mostrar o Brasil em grandes momentos.

Reconhecida na Alemanha, França, Itália e EUA, seu nome e suas fotos já  atravessaram as fronteiras do Brasil.

11 Menino tocando berimbau V

Imagem de Lita Cerqueira

Vivement imprégnée de la culture de la Bahia où elle est née en 1952, Lita Cerqueira est encore très jeune lorsqu’elle rejoint une troupe de théâtre. Cependant, c’est la photographie qui s’avère être sa véritable vocation. Dès 1973, c’est avec une immense sensibilité qu’elle commence à photographier la vie quotidienne, les femmes, les fêtes populaires et les métiers de l’artisanat, apportant ainsi un précieux témoignage sur la culture brésilienne. Cette série, plus connue sous le nom Les Types Humains, lui vaut les éloges de Glauber Rocha, lors d’une interview à la télévision en 1979. Elle réalise aussi plusieurs séries consacrées à l’architecture et nous offre ainsi un peu de l’âme de villes coloniales, comme Salvador, Porto Seguro, Parati, mais aussi de favelas et de villes modernes comme São Paulo. Parallèlement, à partir de 1974, elle travaille comme actrice dans des films de José Sette de Barros, Julio Bressane et Neville de Almeida. Elle devient la photographe de plateau de Neville de Almeida, Nelson Pereira dos Santos, Julio Bressane…
Très proche de nombreux artistes brésiliens, elle réunit une série de photos de figures phares de la musique brésilienne, saisies sur le vif dans la vie quotidienne et qui représentent de précieux témoignages sur la vie de ces derniers. Grâce à ses nombreuses expositions au Brésil, mais aussi en Allemagne, en Italie et aux Etats-Unis, son nom et ses travaux sont maintenant connus bien au-delà des frontières du Brésil.

São 35 anos captando o mundo por uma lente muito peculiar: o olhar único de Lita Cerqueira.

Nascida na Bahia, criada no Rio, Lita descobriu a fotografia convivendo com fotógrafos. Ela nem precisaria verbalizar, só ver uma parte do grande acervo que ela tem colecionado, desde que começou a fotografar a sua gente na Bahia, é mais que suficiente para se perceber que, em Lita, talento e paixão andam juntos. São diversas etapas que, juntas, contam uma história em preto e branco. Passagem pelo cinema, postais, gente do povo, artistas, formando um mosaico de um retrato do Brasil que Lita eternizou através das suas lentes. Chama especial atenção a constelação de grandes artistas registrados por ela. Gilberto Gil, Caetano Veloso, Maria Betânia, Paulinho da Viola, Milton Nascimento, Chico Buarque, Carlos Drummond de Andrade, numa foto histórica ao lado de Caetano, são, entre outros, os primeiros nomes a vir à mente. Impossível também passar indiferente pela série de retratos que ela faz de crianças no trabalho. Tudo isso não é menos belo que os postais que imortalizam alguns dos mais belos pontos turísticos do Brasil.

Imperdível

Até 30 de setembro

Lita Cerqueira 5

LusoFolie’s 

57, Avenue Daumesnil 75012 Paris 

 

Fontes:

http://lulacerda.ig.com.br/paris-por-paulo-pereira-35/

http://officiel-galeries-musees.com/artiste/lita-cerqueira

http://www.canallondres.tv/canal-londres-videos-a-fotografa-lita-cerqueira-em-londres.html

Read more...


Novos doces na Pâtisserie Cyril Lignac

A Pâtisserie  conta com novas criações que vão agradar os que gostam de doces !!! A partir de 9 de setembro, vocês podem encontrar em uma das 2 lojas de Cyril Lignac os novos doces imaginados pelo chefe  Cyril Lignac e  Benoît Couvrand :

Le Caraïbe et l’éclair au chocolat font leur retour pour une rentrée chocolatée et régaler le palais.

La Tarte Citron – sablé croquant à la noisette, crème et émulsion au citron, chocolat blanc

Le Croc’noisette – coque de macaron chocolat, chocolat craquant, ganache montée au Gianduja et praliné coulant

Dans les nouveautés, les chefs ont replongé dans leur enfance et créé une Tarte aux Pommes et crème à la vanille délicieusement régressive. A cette douceur aux fruits, s’ajoute le surprenant Croc’noisettes, tout en rondeur avec ses notes au chocolat, Gianduja et praliné.

Le Baba et sa chantilly à la vanille

Para quem estiver em Paris, vá logo descobrir nas lojas !!!

Nouvelle pâtisserie Cyril Lignac, Paris 16

La Pâtisserie Cyril Lignac -

11 rue Paul Bert 75011 Paris

2 rue de Chaillot 75016 Paris

www.lapatisseriecyrillignac.com

Obs: Todas as imagens são do site de Cyril Lignac

Fonte:

http://www.cyrillignac.com/fr/actualites.php

Read more...


Fête des Jardins 2014 em Paris

 

Sábado 27 e domingo 28  de setembro, acontecerá a 18 ª edição da Fête des Jardins  e o tema é  descobrir as flores silvestres da Île-de-France.

Em mais de 150 lugares da capital e região, o que se festeja é a natureza, os espaços verdes, a flora e todos aqueles que participam na criação e manutenção do meio ambiente da metrópole parisiense.

Fleurs sauvages mellifères

Fleurs sauvages mellifères/ Crédits photo : Mairie de Paris – Marc Verhille

Jardineiros, paisagistas, madeireiros, agentes de vigilância e atores ambientais da metrópole Parisiense dão as  boas-vindas em mais de 150 lugares em festa (áreas verdes da cidade de Paris, municípios e comunidades ribeirinhas, bosques, jardins de comunidades religiosas, jardins estatais, hortas comunitárias …).

Pour cette 18e édition, le thème de la Fête des Jardins est sur les fleurs sauvages d’Île-de-France. Jardiniers, paysagistes, bûcherons, agents de surveillance et acteurs de l’environnement de la métropole francilienne vous accueillent dans plus de 150 sites en fête (espaces verts de la Ville de Paris, des communes et collectivités riveraines, bois, jardins de communautés religieuses, jardins gérés par l’État, jardins partagés…).

 

 

Liste des Jardins participants à la Fête des Jardins 2014  :

Promenades de jardin en jardin

Baladorando

Baladorando – Crédit photo: Fédération Française de Randonnée

Calce seus tênis s e deixe-se guiar através de trilhas na descoberta do patrimônio verde. Entre elas, uma caminhada de 11 km, organizada pela Federação Francesa de Caminhadas-Paris através de dez espaços verdes.

Promenade en calèche

Balade en calèche – Crédit photo: Christophe Noel

Mais incomum e menos esportivo você  também pode desfrutar de passeios de charrete ( alguns chamam de carruagem ) , no Parque Montsouris, com cavalos que trabalham na manutenção do Bois de Vincennes.

Animations, concerts, spectacles

Animations parc de Bercy

Fête des jardins au parc de Bercy – crédit photo: Marc Verhille

Entretenimento ao vivo  em muito espaços verdes e em todos os bairros, mas no Parque Bercy  se encontra o coração da Fête des Jardins.

France - Parc de Bercy in Paris - Information booth for the annual Gardens Celebration -Fête des Jardins

Você vai encontrar, entre outros:  Arte floral, o reconhecimento de diferentes espécies de árvores, conselhos para  vegetação no  telhado, notícias e jogos sobre o tema da natureza, visita da horta pedagógica, curso de “rempotage”, conselhos de horticultura … animações .. para todas as idades e todos os gostos.

Ouvertures exceptionnelles

Lugares secretos normalmente fechados ou abertos apenas alguns dias por semana, serão revelado. Aproveite a oportunidade para soltar a sua curiosidade!

 Animations parc de Bercy

Jardin de la Maison des Acteurs du Paris Durable – crédit photo: Lola Ertel

Visites guidées

Entre os muitos passeios  tem  o jardim flutuante das margens do Sena.

São os próprios designers que falam desta criação original. O jardim é composto por cinco ilhas independentes, instaladas no porto de Gros Caillou cerca de cem metros acima da Pont de l’Alma. Cada ilha inclui um pedaço de paisagem que pode existir nas margens do Sena. Assim, encontramos a ilha dos pássaros, a ilha prado, a ilha central, a ilha pomar ,  a ilha das  névoas. Esta é também uma oportunidade para admirar a estátua de Niki de Saint Phalle, “la Nana Danseuse”  instalada nas margens até 02 de novembro.

Jardins partagés

Le jardin potager

São muitos os jardins compartilhados  espalhados em todos os bairros  parisienses  que vão abrir suas portas durante a Fête des Jardins. Você vai ver que o imaginário coletivo está em ordem. Entre eles alguns jardins vão improvisar uma refeição compartilhada (cada um traz um prato, uma bebida … degustação coletiva). E a música improvisada,onde cada um leva seu instrumento!

Le Poireau agile (Paris 10e). Le jardin partagé

Les jardins partagés du Ruisseau près de la Porte de Clignancourt. Les jardins se déroulent sur le quai.

Fontes:

http://www.paris.fr/accueil/paris-au-vert/ce-week-end-c-est-la-fete-dans-les-jardins-parisiens/rub_9653_actu_148366_port_23769

http://quefaire.paris.fr/programme/84844_fete_des_jardins_2014

http://www.sortiraparis.com/arts-culture/balades/guides/43749-fete-des-jardins-2014-a-paris-et-en-region-parisienne

http://www.evous.fr/Fete-des-Jardins-a-Paris-le-programme-par-arrondissement,1137028.html

http://www.evous.fr/Fete-des-Jardins-en-Ile-de-France-Notre-selection-1178807.html

http://paris12.cartridgeworld.fr/la-fete-des-jardins-2014-sepanouit-bercy/#.VCQhavldXTo

Read more...


Hambúrguer em Paris no Schwartz’s deli

grande_881_schwartzs_FR_schwartzs_burger_05

Paris é uma cidade surpreendente. Mesmo sendo uma capital da alta gastronomia, os parisienses morrem de amores pelo hamburger. Sim, hamburger, o sanduíche mais significativo da culinária americana.

Em pleno Marais, mas no coração da parte judaica do bairro está localizado esse templo dos hambúrgueres, pastramis e frios.

Schwartz’s deli é o restaurante no melhor espírito nova yorkino em pleno Paris, esse diner dá o que falar.
Você reconhece de longe o local, afinal as filas quilométricas do lado de foram não deixam negar o sucesso da casa.

O Schwartz’s Deli (http://www.schwartzsdeli.fr/index/accueil ) é um dos restaurantes que mora no coração de muitos franceses. Impossível não amar os sanduíches Kosher Style, afinal, esse é um restaurante judeu.
Uma vez bem instalados a atmosfera da casa é alegre, vamos ao que interessa: os hambúrgueres.
O restaurante propõe 14 hambúrgueres no seu cardápio + o hambúrguer do dia, cervejas americanas e refrigerantes como Dr. Pepper.
dr-pepper-schwartzs-deli-paris
Os preços dos hambúrgueres variam de 12 euros a 24 euros. A lista é longa, mas os que fazem sucesso são: o Yankee Burger, com bacon de peru, cheddar, cebolas confits e champignons: 16,50 euros, o Rossini Burger pelo fois gras, o Cheeseburger com suplemento de ovos ou/e bacon de peru: 14 euros +1 euro e o Schwartz’s Burger com magret de canard fumé, cheddar e ovo: 18 euros.
As batatas fritas são ótimas e todo hambúrguer vem acompanhado de coleslaw. Existe a opção de substituir as fritas por salada ou hash browns.
cheeseburger
As porções são generosas, a decoração é ótima e os garçons são simpáticos. O único porém é estar preparado para as filas, pois a casa não faz reserva.
Uma dica: só vá a esse restaurante se estiver com fome de verdade, pois as porções são imensas. Duas boas surpresas: a casa serve a cerveja Duff, preferida do personagem Homer Simpson; e o vinho de Francis Ford Coppola.
Simpson's Familly

E  tem os famosos cheesecakes  Eles possuem outras sobremesas deliciosas como a pecan pie, petit gâteau e strudel. E o cheesecake tem sempre o tradicional e um sabor do dia.

cheesecake

Le cheesecake de Scwhartz’s Déli : un des meilleurs de Paris parait-il !

pecanpie

 Cheesecake et Tarte tiède aux noix de Pécan caramélisées. Schwartz’s Déli ( Marais)

Schwartz’s Deli : Schwartz Paris – 3 restaurants à Paris : Marais, Trocadéro, Niel

Schwartz’s Deli

16 rue des Ecouffes ( Metro Saint Paul)
75004 Paris
Tél. 01 48 87 31 29

Foi o primeiro aberto em Paris e conta com uma pequena e simpática delicatessen

7 avenue d’Eylau
75016 Paris
Tél. 01 47 04 73 61

22 avenue Niel
75017 Paris
Tél. 01 42 67 65 79

o mais novo endereço  que propõe um terraço bem simpático.

Tarifs : 15-20€
Pas de réservations
Site internet : www.schwartzsdeli.fr

 

Un peu d’histoire pour tous ceux qui se demandent ce qu’est un “deli” ; tout a démarré au 19e siècle ou les ” delicatessen ” étaient principalement tenus par des allemands et des alsaciens. Le mot lui-même provient de l’allemand et se traduit par des « délicatesses » (des mets délicats). Finalement, au fil du temps les juifs se sont approprié progressivement ce type de boutiques en alliant les fonctions de traiteur et d’épicerie fine et en faisant découvrir aux new yorkais l’expérience alimentaire juive « kosher style »
Schwart’s déli situé au coeur du Marais, Ce restaurant vous propose des plats entre culture yiddish et new yorkaise, Le nom rappellera aux connaisseurs le fameux restaurant de Montréal, mais ne chercher pas d’autres ressemblances. Vous pourrez y dégustez un superbe sandwich de pastrami tiéde et pain de seigle “Rye bread”, des bagels accompagné de saumon fumé et tarama, des hamburgers , des pates, une assiette de charcuterie, du foie de volailles hachée, etc… Alors sortez de la rue des rosiers pour déguster d’autres spécialités que le traditionnel falafel. 
Le service y est convivial, les prix modérés compte tenu de l’assiette qui vous sera servie et la déco a d’aspiration américaines des années 50 enchantera les jeunes comme les moins jeunes

 

Schwart Deli. Abréviation de Schwartz délicieux ? Bien que les burgers le soient, deli fait référence au « délicatessen », ces épiceries du 19ème siècle tenues par des Allemands et des Alsaciens. Au fil du temps, la communauté juive s’est appropriée ce type de boutique en y associant les fonctions de traiteur et d’épicerie fine Kasher. À NYC, berceau du mouvement, les delis sont légion. Dans cette petite rue parisienne, encerclé de fallafels et autres réjouissances juives, le Schwartz délivre une cuisine simple, ambiance Fifties et Sixties

 

Imagens: google

Fontes:

http://www.schwartzsdeli.fr/index/accueil

http://vanessainparis.wordpress.com/category/paris/page/4/

http://vinoticiasbh.blogspot.com.br/2013/03/putain-dicas-de-gastronomia-em-paris.html

http://www.meltyfood.fr/schwartz-deli-et-si-c-etait-le-meilleur-burger-de-paris-a156852.html

http://podh-online.fr/tag/paris/

http://thecuriositycuteblog.com/tag/schwartzs/

 

Read more...


Livro da Maison Vuitton reúne mais de 200 imagens da sua história em novo livro

Louis Vuitton Fashion Photography relembra fotografias dos anos 20 até a mais recente campanha (da coleção de inverno 2015)

A capa é estampada com clique de Charlotte Gainsbourg por Patrick Demarchelier (Foto: Reprodução)

A maison francesa Louis Vuitton lança um livro fashion, com fotos de moda, campanhas e editoriais de 1950 até os dias de hoje. “Louis Vuitton Fashion Photography” tem curadoria da expert em fotografias Charlotte Cotton e sairá, em edição limitada, pela editora Rizzoli

Lançado pela centenária maison francesa, o coffee table book traz uma compilação de 200 imagens icônicas da sua história assinadas por mestres da fotografia mundial como Mert Alas e Marcus Piggott, Henry Clarke, Patrick Demarchelier, Annie Leibovitz, Peter Lindbergh, Craig McDean, Steven Meisel, Helmut Newton, Juergen Teller, Mario Testino, Inez van Lamsweerde e Vinoodh Matadin.

Campanha assinada por Kelly Klein (Foto: Reprodução)

Tudo dividido em três seções, todas com uma introdução assinada pelo escritor e curador de fotografia Charlotte Cotton: na primeira, há campanha publicitárias dos anos 20 até a mais recente delas, de inverno 2015 protagonizada por Charlotte Gainsbourg e que estampa a capa do livro; a segunda é dedicada apenas editoriais de moda emblemáticos desde 1977; e por fim a intitulada “Flashback”.

Aos interessados o fashion book publicado pela Rizzoli desembarca em lojas selecionadas da Louis Vuitton ao redor do globo (em inglês ou francês), a partir de 01.10 por € 100 (cerca de R$ 330) e nas demais livrarias e no site da editora a partir de 15.10

Campanha assinada por Patrick Demarchelier (Foto: Reprodução)

LV (Foto: )

Foto assinada por Maria Vittoria Backhaus na seção “Flashback” (Foto: Reprodução)

LV (Foto: )

Campanha by Jean Larivière (Foto: Reprodução)

LV (Foto: )

Imagem dos anos 50 by William Klein (Foto: Reprodução)

 A photographer's eye view of Louis Vuitton

A photographer's eye view of Louis Vuitton

A photographer's eye view of Louis Vuitton

O livro terá três capas com fotos de Craig McDean, Bert Stern e Patrick Demarchelier e estará à venda em algumas lojas da marca, a partir do dia 1º de outubro.

Publication Details

Louis Vuitton Edition
– Publication date: October 1, 2014
– Available in French & English
– Price: $130 / €100
– Trim size: 91⁄2 x 121⁄4 in.
– More than 200 color and black-and-white photographs
– 408 pages, including 40 pages only appearing in this deluxe edition
– This limited edition, available exclusively for sale at Louis Vuitton stores and online
at www.louisvuitton.com, features a deluxe white canvas binding, with a choice of three different cover photographs, by Patrick Demarchelier, Craig Mc Dean or Bert Stern

Bookstore Edition
– Available in French and English
– Price: $85 / €75
– Trim size: 91⁄2 x 121⁄4 in.
– Nearly 180 color and black-and-white photographs
– 386 pages
– Hardcover with dust jacket

Images via Louis Vuitton

Fontes:

http://lulacerda.ig.com.br/paris-por-paulo-pereira-33/

http://universomovie.ning.com/page/livros-2

http://www.ilvoelv.com/2014/07/louis-vuitton-fashion-photography.html

http://en.vogue.fr/fashion/fashion-news/diaporama/a-photographer-s-eye-view-of-louis-vuitton/19698

http://www.pursuitist.in/louis-vuitton-fashion-photography-album-is-the-new-bible-of-fashion-world/

Read more...


” To Audrey with Love ” – novo livro do estilista Hubert de Givenchy

A Vogue Paris revelou algumas imagens do novo livro do estilista Hubert de Givenchy (mestre da elegância à francesa) dedicado a sua musa e amiga, a atriz Audrey Hepburn.

Editora Globo (Foto: Editora Globo)

Hubert de Givenchy criando seus croquis e a capa do livro ‘To Audrey With Love’ (Foto: Hubert de Givenchy/Reprodução)

Hubert de Givenchy, 87, Audrey Hepburn tiveram uma relação muito além da profissional. O fundador da maison e a atriz – uma de suas musas – começaram sua parceria no filme Sabrina, de 1954, para o qual o estilista criou mais de uma dezena de vestidos. A partir desse momento, Audrey passou a favorecer seus modelos tanto nas telas quanto nos red carpets e no dia a dia.

Agora, 60 anos depois do primeiro encontro, Givenchy prepara o lançamento do livro To Audrey With Love, com cerca de 150 croquis que ele desenhou especialmente para a ocasião, baseando-se em alguns dos looks mais icônicos da estrela e usando apenas gizes pastel e canetas hidrográficas – além das memórias dos anos em que conviveram.

Editora Globo (Foto: Editora Globo)

Croquis presentes no livro (Foto: Hubert de Givenchy/Reprodução)

Editora Globo (Foto: Editora Globo)

Chapéu usado em ‘Bonequinha de Luxo’ é um dos looks celebrados (Foto: Hubert de Givenchy/Reprodução)

Editora Globo (Foto: Editora Globo)

Looks são tanto do dia a dia quanto os usados nas telonas (Foto: Hubert de Givenchy/Reprodução)

“To Audrey with Love” possui 150 croquis realizados especialmente para a ocasião, retraçando os lindos anos da amizade que começou em 1954 entre o estilista e sua musa.

A atriz sempre fascinou o estilista, que dedicou grande parte de sua carreira à criação do guarda-roupa perfeito para as suas personagens do cinema e para as grandes ocasiões. A dedicação foi tamanha que parece que a carreira de Givenchy se resumiu em vestir a bonequinha de luxo.

A publicação, que está em pré-venda no site da editora Imagine Editions, chega à livraria parisiense Galignani no fim de setembro.

 

Fonte:

http://lulacerda.ig.com.br/paris-por-paulo-pereira-33/

http://vogue.globo.com/moda/moda-news/noticia/2014/08/hubert-de-givenchy-lanca-livro-em-homenagem-audrey-hepburn.html

http://www.puretrend.com.br/midia/capa-do-livro-to-audrey-with-love-de_m139352

http://www.puretrend.com.br/midia/croqui-de-hubert-de-givenchy-em_m139348

http://universomovie.ning.com/page/livros-2

Read more...


Voyage au centre des puces – Les Puces de Paris – Saint Ouen

O mercado das pulgas de Saint Ouen é o melhor marché aux puces de Paris.

Na realidade são vários mercados reunidos em um mesmo espaço na periferia norte da cidade. Estes mercados, que foram se agregando com o passar dos anos, formam um labirinto.

 Cada um deles tem sua especificidadeO Biron é um dos mais antigos, especialista do mobiliário Napoleão III e Art Nouveau; Dauphine, com uma mercadoria clássica no térreo e mais contemporânea nos andares superiores;Rosiers, simpático e discreto com o primeiro andar reservado ao design europeu e americano; Paul Bert, o mais tendência de todos com 7 alas e 250 stands; Malik é o mercado das pulgas das roupas; Serpette é haut de gammeVernaison com 300 antiquários de todos os horizontes.

As pequenas ruelas do mercado repletas de objetos à venda

O transporte mais fácil é o metrô. Peguem a linha 4 e desçam na estação Porte de Glignancourt.

Ao sair do metrô, procurem pelo painel indicando Porte de Clignancourt. Sigam a Avenida de la Porte de Clignancourt em direção ao painel,  passem debaixo do periférico (um elevado/viaduto). O mercado está imediatamente à esquerda. Procurem a placa indicando Rue des Rosiers e sigam por esta rua. Todos as ruelas que conduzem aos vários sub-mercados saem desta rua.

Affiche "Voyage au centre des puces", septembre 2014

Este encontro de outono , permite a cada ano a um grande público  ( os que amam a arte ou antiguidade)  descobrir ou redescobrir a magia deste local histórico classificado pela sua atmosfera: Les Puces de Paris Saint-Ouen.

Em 25 de novembro de 1864 , apareceu a primeira edição do romance de Júlio Verne “Viagem ao Centro da Terra” … 150 anos mais tarde, 19 de setembro de 2014, é no coração do maior mercado de pulgas no mundo que você é convidado a explorar. Como todos os anos, o “celeiro do mundo” está em festa  e oferece uma caça ao tesouro incomum no labirinto de vielas e lojas. Como nas viagens extraordinárias de Jules Verne , os  mercados e os comerciantes dos Puces de Paris-Saint-Ouen  convidam  a uma viagem através do tempo e continentes e  preparam muitas surpresas durante esta noite festiva e do fim de semana que se prolonga.

Comme dans les voyages extraordinaires chers à Jules Verne, les marchés et les commerçants des Puces de Paris-Saint-Ouen vous convient à un périple à travers le temps et les continents et vous préparent de nombreuses surprises lors de la soirée festive du vendredi 19 septembre réservé à la clientèle des marchés. 
Cette année, différents objets d’exception sur le thème du voyage seront sélectionnés par les marchands : malles de voyage, lithographies, décorations, tableaux, faïences, mobilier, vêtements, gravures, livres anciens, bijoux, accessoires de mode, jouets anciens, céramiques, nécessaire de voyage, joaillerie…

Neste ano,  diferentes objetos sobre o tema da viagem foram selecionados ​​pelos comerciantes: malas de viagem, litografias, decorações, pinturas, cerâmicas, móveis, roupas, gravuras e livros raros, jóias, acessórios de moda, brinquedos antigos, cerâmicas,nécessaire de viagem, jóias ...

Paris, animation place de La Madeleine et son marché aux fleurs. Gouache signée en bas à gauche. 32 / 40,5 cm

GALIEN LALOUE Eugène (1854 / 1941) – Paris, animation à la place St Michel

Embarque  pela Route du  Chineur ( a estrada para os caçadores de pechinchas ) e descubra o  Marché Biron como você raramente o vê. Você vai encontrar  todo um universo decorativo que leva você ao redor do mundo a partir do século XV até o século XX. Você pode apreciar a evolução artística ao longo do tempo. La Route du Chineur é um passaporte para encontrar a arte  através dos continentes, Ásia, Europa, América .

Descubra os mais belos objetos andando pelos vários stands do circuito, segundo a temática da viagem.

Confira a galeria de fotos efêmera de  Mona Abdellatif , grande viajante que cruzou o mundo do Tibet ao Arizona .

Le Marché Biron – Abdellatif Mona

Admire o trabalho do ceramista italiano Paolo Polloniato, descendente de uma dinastia de mestres artesãos de cerâmica.

Encontre a sua alma de criança  … descobrindo a instalação de  ”modélisme ferroviaire ”  que irá circular o Orient Express, o Trem Azul e a la Flèche d’Or à  escala 0 (1 / 43th), com suas locomotivas a vapor.

Vá dar uns passos de dança latina ou apenas assistir o espetáculo.
E acima de tudo,  vá encontrar os comerciantes  apaixonados que comercializam a riqueza do marché Biron e saborear os chocolates Caramandes perto do Mehari em torno de uma conversa sobre o seu assunto favorito.

Le marché Biron et une dégustation de chocolat à l’arrière de cette Citroën Mehari. Produite à la fin des années 60, celle-ci fait sont grand retour !

Le Marché Biron  aux Puces de Saint-Ouen 

Considerado um dos mercados de arte de maior prestígio na França, com seus 220 Antiquários e Marchans d’Arts,  o Marché Biron  deve seu renome internacional  desde muitas gerações de comerciantes que construíram sua reputação sobre o conhecimento profundo e a qualidade das obras que eles oferecem. Com seus conselhos, eles convidam os visitantes para compartilhar sua paixão por móveis, iluminação, jóias, pinturas, talheres, copos … o século XV ao século XX.

Rota real da história da arte, o Marché  Biron mostra em seus stands, as diferentes variações desses períodos: objetos de arte e mobiliário do século XVIII ao  XIX, pinturas, cerâmicas, Extremo Oriente, art nouveau e art deco design …  Le Marché Biron  abre ampla gama de arte e acolhe todos os seus visitantes com entusiasmo: profissionais, amadores, colecionadores, para que perdure e desenvolva o contato em um ambiente descontraído e privilegiado.

Le Marché Biron
85, rue des Rosiers
93400 Saint-Ouen.
Tél. : 01 40 11 59 69.
www.marchebiron.fr

Horaires
Le Marché est ouvert :
Samedi de 9h30 à 18h.
Dimanche de 9h30 à 18h.
Lundi de 10h30 à 17h30.

VOYAGE AU CENTRE DES PUCES au Marché Paul Bert Serpette
sexta 19 setembr0 2014 19h-23h
durante os dias 20, 21 22 septembro 2014

O Figaroscope do dia 17/09  mostra os experts  dos mercados de pulga – Marché aux puces  de Saint Ouen  de sexta 19 de setembro até 22 de setembro !!

Fontes:

http://www.marcheauxpuces-saintouen.com/1.aspx

  www.parispuces.com

http://www.marcheauxpuces-saintouen.com/2.aspx

http://www.pariscotejardin.fr/2014/09/voyage-au-centre-des-puces-du-19-au-21-septembre-2014/

http://mllebriquet.blogspot.com.br/2013/10/paul-bert-biron-malassis-et-consorts.html

Read more...


Lucy- novo filme de Luc Besson

 Sinopse :

Quando a inocente jovem Lucy aceita transportar drogas dentro do seu estômago, ela não conhece muito bem os riscos que corre. Por acaso, ela acaba absorvendo as drogas, e um efeito inesperado acontece: Lucy ganha poderes sobre-humanos, incluindo a telecinesia, a ausência de dor e a capacidade de adquirir conhecimento instantaneamente.

Lucy conta com a direção e roteiro de Luc Besson, cineasta francês responsável por O ProfissionalO Quinto Elemento e A Família, além de ter criado a franquia Busca Implacável.

Poster Luc Besson

“A trama acompanha uma jovem (Johansson) que é forçada por traficantes a trabalhar como “mula”. Ela absorve uma nova droga em seu sistema, que a transforma numa super-mulher capaz de adquirir conhecimento instantaneamente, mover objetos com o poder de sua mente e ser incapaz de sentir qualquer tipo de dor física.”

A personagem de Johansson só se mostra tão fria no vídeo porque está sob o efeito de uma droga experimental, que ela havia aceitado transportar como “mula”. Por um lado, a substância faz com que ela acesse 100% de sua capacidade cerebral e adquira capacidades incríveis, relacionadas à inteligência e força. Entretanto, a droga faz com ela não acesse mais suas emoções.

O elenco de Lucy conta ainda com Morgan Freeman e Min-sik Choi .

“Lucy”- Idem, França, 2014 - Direção: Luc Besson

“Lucy”- Idem, França, 2014 – Direção: Luc Besson

por Eleonora Rosset

Intrigante e belo, mesmo quando é muito violento. Assim é “Lucy”, o novo filme do diretor francês, 55 anos, Luc Besson.

Uma célula se dividindo é a primeira imagem na tela. As esferas brilham e se interpenetram. Em “off” uma voz de mulher pergunta:

“- A vida começou há um bilhão de anos. O que fizemos com ela?”

Cenas de grandes metrópoles com muita gente apressada nas ruas, tráfico pesado, cacofonia de ruídos. Na noite, luzes, música berrando, bebidas, drogas. Excitação.

As cenas se passam ora em Taiwan, envolvendo Lucy, ora em Paris, onde o professor Norman faz uma palestra.

“- Você sabia que a primeira mulher chamava-se Lucy?” pergunta um cowboy que tenta convencer uma bela loura a entregar uma maleta. Ela se recusa e ele acaba algemando a maleta no pulso dela.

Aturdida, ela cai sob o domínio de uma gangue de traficantes de Taiwan. Uma droga, de uma bela cor turquesa, será contrabandeada para capitais da Europa, de uma forma violenta e cruel.

Lucy vai passar por experiências terríveis e ao mesmo tempo inefáveis.

O professor em Paris pergunta aos alunos:

“- Vocês sabem que não usamos todo o potencial de nosso cérebro? O golfinho usa e desenvolveu um radar perfeito.”

Na tela vemos cenas da natureza. Animais seguindo seus instintos de caça e procriação.

“- Fomos os únicos a desenvolver cultura”, continua o professor, “mas paramos de usar o potencial do nosso cérebro. A evolução precisa de uma revolução.”

Enquanto ele expõe suas teorias a alunos atentos, Lucy é exposta à droga que colocaram dentro de seu corpo, num recipiente que estoura.

Uma extraordinária experiência vai começar para ela. Lucy vai ser o primeiro ser humano a experimentar o total uso de seu cérebro, efeito da droga desconhecida. Vai se tornar uma super- mulher. Não vai ser fácil mas será fascinante assistir a isso.

Scarlett Johansson ( “Ela”, “Sob a Pele”) atua com intensidade, sensualidade e talento para convencer a plateia sobre o que acontece em seu corpo.

E Luc Besson cria mais uma de suas heroínas (“Nikita”e “O Quinto Elemento”) com suspense, ação, violência e imagens deslumbrantes.

O filme explora de forma superficial e lúdica teorias da nova Física e mesmo ideias da psicanálise, como por exemplo a existência de um inconsciente coletivo em todo o ser humano, que o conecta a toda a história da humanidade.

Lucy vai experimentar uma nova realidade psíquica, telepatia, levitação, ação à distância com o pensamento, acesso às memórias alheias e às próprias, as mais antigas. É comovente sua conversa pelo telefone com a mãe.

Ela se transforma rapidamente e, com mais droga em seu corpo, ao conseguir usar 100% da capacidade de seu cérebro, vai nos aturdir com uma genial viagem no tempo.

O filme vai agradar a quem gosta de divertir-se com novas ideias e especular sobre a natureza humana.

Além disso, é um filme bonito de se ver, os efeitos especiais são muito bem usados e a dupla Scarlett Johansson e Morgan Freeman é muito competente.

 

Fontes:

http://www.adorocinema.com/noticias/filmes/noticia-108398/

http://www.saladanerd.com/index.php/cinema/lucy-novo-filme-de-acao-de-scarlett-johansson-ganha-trailer/

http://siterg.terra.com.br/news/2014/07/30/scarlett-johansson-toma-droga-que-ativa-100-do-cerebro-em-filme-de-luc-besson/

http://cinemabh.com/trailers/assista-aos-novos-trailers-do-filme-lucy-com-scarlett-johansson

Read more...


Exposição Niki de Saint Phalle no Grand Palais

Affiche NIki de Saint Phalle

© Niki de Saint Phalle / Niki Charitable Art Foundation, 2014

Niki De Saint Phalle, Daddy, 1972 Extrait du film, producteur : Peter Whitehead — 1’45″© DR

Grand Palais - 17 de setembro de 2014 a 02 de fevereiro de 2015

Do dia 17 de setembro até 2 de fevereiro 2015, o Grand Palais apresenta a artista francesa Niki de Saint Phalle. Se estiver em Paris nesta época não perca esta exposição.

 Niki de Saint Phalle- la bande annonce de l’exposition:

Grand Palais organiza uma grande retrospectiva da obra de Niki de Saint Phalle (1930-2002), pintora e escultora, casada com o artista Jean Tinguely, e com o qual realizou a Fontaine Stravinsky que se encontra em frente do Centro Pompidou, em Paris (1983).

Paris fontaine Stravinsky par Niki de Saint-Phalle et Jean Tinguely près de Beaubourg

fontaine niki de saint phalle

La fontaine Stravinsky à Paris

Niki de Saint Phalle : la Fontaine Stravinsky

Niki de Saint Phalle é uma das artistas mais populares do século XX. Ela se tornou conhecida do público, sobretudo americano e europeu, através das suas célebres Nanas, imensas esculturas feitas de papier marché ou gesso representando a mulher e seus papéis ancestrais.

 as famosas Nanas voluptuosas (gíria francesa para mulheres).

Les Nanas

Les Nanas

Les-galeries-nationales-du-grand-palais-niki-de-saint-phalle-leaping-nana_medium

Niki De Saint Phalle, Leaping Nana, 1970Serigraph sur papier Velin d’Arches — 76 × 56 cm© 2014 Niki Charitable Art Foundation, All rights reserved. Donation Niki de Saint Phalle — Sprengel Museum Hannover

Les nanas

Niki de Saint Phalle’s Three Grace installed on Park Avenue in 2012

Nana casa II, polyester pintado, 1966-1987 -  (doação da artista) Museu de Hannover

Nana preta grávida1968 – Kunsthalle Mannheim

Niki de Saint Phalle art installation on Park and 57th

File:Nana fontaine (Niki de Saint Phalle).JPG

Nana fontaine av Niki de Saint Phalle utanför Söder Torn, Södermalm, Stockholm.

Fonte das 4 Nanas, poliester pintado, 1974-1991 – MAMAC

Une sculpture de l’artiste française Niki de Saint Phalle sur le port de Hambourg, en Allemagne,

Nana, 1974. Escultura de Niki de Saint Phalle. Leibnizufe, Hannover, Alemanha

Nana, 1974. Obra de Niki de Saint Phalle. Leibnizufer, Hannover, Alemanha

Les nanas de Niki

Les trois grâces selon Niki

hon niki de saint phalle

La nana géante de Niki : Hon

Niki é de família aristocrata, passou sua infância e adolescência nos Estados Unidos e as férias de verão na França, no castelo de Filerval construído por Le Notre.

Niki, une très jolie femme

  Catherine-Marie-Agnès Fal de Saint Phalle

De 1948 a 1949 ela trabalhou como manequin com fotos na Vogue e Harper’s Bazaar. No início dos anos 1950 ela começou a pintar.

niki de saint phalle vogue

Niki sur la couverture de Vogue magazine

 1949

Niki de Saint Phalle

Niki de Saint Phalle by Lothar Wolleh

Niki de Saint Phalle at work

NIKI DE SAINT-PHALLE DANS SON ATELIER PENDANT LA PERIODE DES “TIRS” 1961

Niki de Saint Phalle – Im Garten der Fantasie – Essl Museum – Klosterneuburg .

Niki de Saint Phalle

Niki de saint Phalle ©Sipa

Niki de saint Phalle

No início da sua carreira de pintora, Niki ficou conhecida pelas suas pinturas chamadas “Tiros”. Com uma arma ela atirava em saquinhos de pintura colorida suspensos em uma tela colada na parede. Com esta performance ela chamou a atenção dos grandes nomes do mundo artístico da época e passou a frequentar Jasper Johns, Robert Rauschenberg, John Cage.

Em 1960 ela se separa de seu primeiro marido, Harry, para viver com o artista Jean Tinguely com quem ela realiza inúmeros projetos. Entre eles as esculturas/fontes da Praça Igor Stravinsky ao lado do museu Centre Pompidou em Paris.

Sua obra foi influenciada pelo artista espanhol Gaudí, sobretudo pelo Parc Güel. Já famosa e no final da sua carreira ela conseguiu construir, na Toscana, seu Jardim dos Tarots, cujas esculturas são inspiradas nas cartas do Tarot. As 22 esculturas deste parque, inaugurado em 1998, foram realizadas com ajuda de Tinguely.

Jardim dos Tarots

Jardim dos Tarots

Le jardin des tarots niki

Le jardin des tarots, l’oeuvre d’une vie de Niki

Jardim de Tarot De metal e betão, espelho, vidro, mosaico cerâmico, pedras, esculturas pintadas de poliéster, 1978-1998. Itália, Província de Grossetto

 

Jardim de Tarot

ardim de Tarotlitografia - (doação da artista) MAMAC

Niki de Saint Phalle : le Jardin des Tarots

Uma das suas principais obras é A Gruta, instalada no Grand Jardin Jerrenhäuser de Hannover. Niki transformou o interior deste espaço em verdadeira obra de arte. São salas decoradas com mosaicos, vidros e pedaços de garrafas coloridas. Todas elas com esculturas de plástico representando a Vida do Homem.

A Gruta em Hannover

A Gruta em Hannover

Obra de Niki de Saint-Phalle, na gruta que fica dentro do jardim Herrenhäuser, em Hanover.

Em 1990 foi inaugurado no Japão, em Nasu, um museu dedicado à Niki de Saint Phalle.

The Niki Museum, Nasu, Japan–large website; this museum owns more than 460

“Miss Black Power” by Niki De Saint Phalle

DSC_0803

The Hakone Open air Museum

This Buddha was created by Nicki de Saint Phalle as a gift to a Japanese art collector who has purchased many of her sculptures.

Le Banc, by Niki de Saint Phalle Further atop the hill the Chichu Art Museum

Niki de Saint Phalle, Sun God

Pássaro simbolo da cidade de Duisburg, carrega Nana.

Niki de Saint Phalle: Black Rosy, or My Heart Belongs to Rosy

Niki de Saint Phalle (French, 1930–2002). Black Rosy, or My Heart Belongs to Rosy, 1965.

Niki morreu em 2002 por causa de uma longa infecção pulmonar causada pela inalação do poliester, material que ela utilizou nas suas obras.

Protecting Angel by Niki de Saint Phalle in Zurich main train station

L’Ange Protecteur in the hall of theZürich Hauptbahnhof

  O Anjo Protector, no Hall da Estação Principal de Zurique.

Niki de Saint Phalle, “La Cabeza ou Tête de Mort” (Grande), 2000 © 2011 Niki Charitable Art Foundation. Photo: Maxim Vakhovskiy

Esta artista entrou na cena artística em 1961 com os seus Tiros, destinados a “fazer sangrar a pintura”, Niki de Saint Phalle é a autora das célebres esculturas de  Nanas e de esculturas monumentais reunidas no Jardim do Tarô na Toscana. Esta retrospectiva é ocasião para revisitar o percurso de uma das artistas menos convencionais do seu tempo.

Niki de Saint-Phalle. Tiroteando (1961).

Niki de Saint Phalle @ Grand Palais

Niki de Saint Phalle prestes a atirar em sua tela.

 

Les-galeries-nationales-du-grand-palais-niki-de-saint-phalle-grand-tir_medium

Niki De Saint Phalle, Grand Tir — Séance de la Galerie J, 30 juin — 12 juillet 1961Plâtre, peinture, grillage, ficelle, plastique sur panneau d’aggloméré — 56.3 × 30.3 × 2.8 inchesCollection privée ; Courtesy of the Galerie G-P & N Vallois, Paris — Photo © André Morin

les tirs de Niki de Saint Phalle

Les tirs

 Shooting painting(1961).

Saint Sebastien

Saint Sebastien (Portrait of my lover) © 2014 Niki Charitable Art Foundation, All rights reserved

Dolores

Dolorès, 1968-1995, 550 cm, Résine peinte / grillage, Sprengel Museum, Hanovre,© 2014 Niki Charitable Art Foundation, All rights reserved. Donation Niki de Saint Phalle -

Niki de Saint Phalle: joie, fantaisie et liberté au Grand Palais

Les “nanas” de Niki de Saint Phalle, dévoilées le 15 septembre 2014 dans le cadre d’une exposition au Grand Palais à Paris qui se tiendra jusqu’au 2 février

Niki de Saint Phalle (1930-2002) est l’une des artistes les plus populaires du milieu du XXe siècle, à la fois plasticienne, peintre, sculptrice et réalisatrice de films. Si elle est surtout connue du grand public pour ses célèbres « Nanas », son oeuvre s’impose aussi par son engagement politique et féministe et par sa radicalité. Le Grand Palais propose la plus grande exposition consacrée à l’artiste depuis vingt ans et un nouveau regard porté sur son travail. 

Exposition Niki de St Phalle au Grand Palais. Inauguration en présence de Mme le Ministre de la Culture Fleur Pellerin ce lundi 15 septembre 2014.

Exposition Niki de Saint Phalle du 17 Septembre 2014 au 02 Février 2015 dans les Galeries nationales du Grand Palais, entrée Champs Elysées.

Niki de Saint Phalle fut l’une des premières artistes femmes à acquérir la célébrité de son vivant, au début des années 1960. Derrière « la femme qui tire » se cache une artiste dont l’oeuvre singulière s’impose à la fois par sa violence, son engagement et sa radicalité. Vingt ans après sa grande rétrospective parisienne (MAMVP, 1993), l’exposition propose une relecture de cette oeuvre à l’aune des réévaluations historiques de ces dernières années (histoire du féminisme, de la performance, du cinéma expérimental) mais aussi à partir d’un travail sur des archives de la Fondation Niki de Saint Phalle, largement inédites.

 

Niki de Saint Phalle s’installe au Grand Palais

Bloum Cardenas petite fille de Niki de Saint-Phalle

 © France3/culturebox

Bloum Cardenas, sa petite-fille invitée de Louis Laforge dans le Soir 3, explique notamment l’affiche de cette exposition montrant Niki de Saint-Phalle un fusil à la main.

e-album de l’exposition Niki de Saint Phalle

Mais alguns vídeos de Niki de Saint Phalle:

The GolemKiryat Hayovel, Israel

Niki de Saint Phalle : le Golem

Niki de Saint Phalle : le rêve de l’oiseau

Niki de Saint Phalle : le Cyclop

Niki de Saint Phalle : Queen Califia’s Magical Circle

Niki de Saint Phalle : le Dragon de Knokke-le-Zoute

Brinquedos fantasmagóricos, esculturas-com-escalada, no Parque de Esculturas de Arca de Noé – Zoo em Jerusalém

Niki de Saint Phalle : l’Arche de Noé

Niki de Saint Phalle – Grand Palais – Do dia 17 de setembro a 2 de fevereiro 2015
3, Avenue du Général Eisenhower, 75008 Paris

Metro:
Champs-Élysées – Clemenceau
Franklin D.Roosevelt

T. 01 44 13 17 17

Todos os dias exceto as terças
Preço: 13 euros para adultos e 9 euros para  16-25 anos

Opening hours

The opening hours of the Grand Palais depend on the exhibitions or events that occur there

www.grandpalais.fr

Fontes:

http://www.grandpalais.fr/

http://www.grandpalais.fr/fr/niki-de-saint-phalle

http://www.grandpalais.fr/fr/evenement/niki-de-saint-phalle

http://www.france.fr/pt/arte-e-cultura/grandes-exposicoes-em-2014-em-paris.html

http://www.conexaoparis.com.br/2014/07/28/exposicao-niki-de-saint-phalle/

http://www.parisrivedroiterivegauche.com/2014/09/12/niki-de-saint-phalle/

http://mulheresquehonramorole.blogspot.com.br/2011/08/niki-de-saint-phalle.html

http://www.apunts.org/es/el-arte-fantastico-enigmatico-niki/articulo/13135390/

http://slash-paris.com/evenements/niki-de-saint-phalle

http://www.stylistic.fr/2014/09/expo-niki-de-saint-phalle-grand-palais_48493

http://culturebox.francetvinfo.fr/expositions/sculpture/bloum-cardenas-niki-de-saint-phalle-ne-voulait-pas-etre-mise-dans-une-boite-189469

http://www.paperblog.fr/7200229/exposition-niki-de-saint-phalle-au-grand-palais/

http://freakiumemeio.wordpress.com/2010/05/10/power-to-the-nanas/

http://www.lefigaro.fr/arts-expositions/2014/09/16/03015-20140916ARTFIG00017-niki-de-saint-phalle-joie-fantaisie-et-liberte-au-grand-palais.php

http://www.liberation.fr/societe/2014/09/15/niki-de-saint-phalle-sous-toutes-ses-facettes-au-grand-palais_1101379

http://www.design-party.com/2012/06/niki-de-saint-phalle-artiste/

http://www.aufeminin.com/portraits-de-femmes/niki-de-saint-phalle-d48182.html

http://comjeitoearte.blogspot.com.br/2012/10/hoje-aconteceu-aniversario-da-artista.html

http://www.exponaute.com/magazine/2014/09/15/niki-de-saint-phalle-une-vie-dartiste-episode-1/

Read more...


French Style – obra de Berénive Vila Baudry da editora Assouline

Um assunto que intriga e ao mesmo tempo encanta o mundo é o jeito de viver dos franceses. Tanto o estilo na decoração, como sua cozinha , seu vinho, ou o jeito de se vestir e de se comportar da mulher francesa, a literatura, a música… E um lindo livro foi lançado pela Editora dos livros mais bacanas do planeta, de Bérénice Vila Baudry.

O livro French Style, da editora Assouline (US$ 65/R$ 130) se encontra nas prateleiras das melhores livrarias.

A obra de Berénive Vila Baudry exalta a cultura francesa, passeando por histórias de ícones locais como Brigitte Bardot e Yves Saint Laurent, grandes filósofos, a Nouvelle Vogue, e, como não poderia faltar, sua deliciosa gastronomia. Tudo retratado com imagens très chic. Com certeza um dos must-haves . Uh là là!

 A autora é argentina, mas foi criada e fez seus estudos na França. Atualmente vive em Nova York e leciona na Columbia University.
Decidiu embarcar numa tarefa  nada simples, de  tentar capturar o inegável je ne sais quoi do famoso estilo francês.

O conceito que a autora quiz desenvolver em seu novo livro pode ser traduzido na frase de Coco Chanel : “A moda não é algo que existe apenas em   vestidos. A moda está no céu, na rua. A moda tem a ver com idéias, a forma que vivemos, o que está acontecendo.”  French Style analisa o assunto de diversos angulos.

French Style by Bérénice Vila Baudry

 A historia francesa tem uma abundância de artistas e intelectuais, músicos e lendas do cinema, pensadores e inventores…

French Style by Bérénice Vila Baudry
French Style by Bérénice Vila Baudry
French Style by Bérénice Vila Baudry
French Style by Bérénice Vila Baudry
French Style by Bérénice Vila Baudry
French Style by Bérénice Vila Baudry
French Style by Bérénice Vila Baudry
French Style by Bérénice Vila Baudry
French Style by Bérénice Vila Baudry
French Style compreende  o melhor da França, desde direitos humanos até o bikini, a filosofia , a literatura, gastronomia e  a Nouvelle Vague do cinéma.
Com fotos dinâmicas justapondo conceitos da alta costura e avanços científicos,  astros pop e cultura, o livro é tão sofisticado quanto o país que celebra.
French Style by Bérénice Vila Baudry
É ricamente ilustrado, engraçado e informal. E além do mais, é também informativo, combinando  imagens  de bom gosto com interessantes amostras da cultura francesa, como por exemplo,  que o inventor francês  Roland Moreno patenteou o Smart Card—isto é o chip que usamos hoje no nosso cartão de crédito, em 1974,- e  dá vida ao savoir faire e a joie de vivre que marcam o estilo francês.
French Style traz ainda  fotos  de delícias culinárias, marcos culturais, lendas do cinema, cientistas, personagens da história e da  moda, como o poeta Victor Hugo , Versailles , o mercado das pulgas, o Tour de France, o queijo, a revista Paris Match, o filósofo Voltaire…Chanel, Dior e Saint Laurent assim como Jacques Cousteau. E ainda, o Champagne, Godard, Gainsbourg e Goude….e  é claro, Brigitte Bardot, as famosas baguettes e o famoso e querido elefante Babar.
Diz a autora: “ Espero ter conseguido   mostrar que o estilo francês é uma forma de pensar e um jeito de ver as coisas. É toda uma perspectiva “.
Para os americanos que desejem um pouco deste je ne sais quoi, ela aconselha: “ legereté” ou seja, leveza.
De Voltaire a Brigitte Bardot, de Yves Saint Laurent e Zidane, a história francesa transborda de artistas e intelectuais, mitos do cinema e da música, pensadores e inventores… e sobretudo de estilo. Escrito por Bèrenice Vila Baudry, este livro mostra as principais inovações francesas para o mundo, desde os conceitos de direitos humanos à criação do biquini, dos filósofos do Iluminismo aos princípios do Existencialismo, dos quitutes gastronômicos ao cinema Nouvelle Vague.

Através de fotografias objetivas justapostas a conceitos mais aprofundados, French Style é um livro tão sofisticado quanto a nação que celebra, trazendo à tona todo savoir faire e joie de vivre que por si definem o inconfundível estilo francês.

French Style by Bérénice Vila Baudry

French Style by Bérénice Vila Baudry

 Verdadeiro compêndio das maiores inovações francesas para o mundo, o livro French Style fala de moda, decoração, filosofia, cinema, gastronomia e muito mais !!!

Fontes:

http://universomovie.ning.com/page/livros-2

http://www.harpersbazaar.com.br/cultura/na-estante-os-top-lancamentos-do-mes

http://blogdafruit.com.br/posts_leitura.php?registro=993

http://www.agendagold.com/2013_03_31_archive.html

Read more...

Flickr

RSS URL not defined

Entre em contato!

Tel. 55 11 9641 0432

Áreas atendidas – São Paulo, SP
_Higienópolis
_Pacaembú
_Perdizes
_Bela Vista
_Outras áreas: consulte!

Visite minhas redes sociais:

Scroll to top