Invent


Le Grand Bal Masqué du Chateau de Versailles – 24 de junho de 2017

LE GRAND BAL MASQUÉ DU CHÂTEAU DE VERSAILLES
24 Juin 2017 – 23h30
Dia 24 de junho tem um “Baile de Máscaras” no Castelo de Versailles, organizado por Hakim Ghorab, Diretor artistico e coreógrafo.
Neste dia será possível voltar no tempo com um toque de modernidade. Acontece nos jardins do Palácio – que nessa época já está em seu auge de beleza – um grande baile de máscaras, no melhor estilo Luis XV.
É uma festa privée, tradicional, que anualmente permite conhecer, rir e se destacar em uma atmosfera amigável e pouco usual.
Trajes de época e máscaras em estilo barroco são obrigatórios, mas a trilha sonora passa longe da valsa. Este ano com a participação do DJ GRANDMARNIER e muita música eletrônica .
Com a participação excepcional de Loïc Nottet!
A festa começa às 23:30h, com uma grande queima de fogos, e só acaba com o raiar do dia. Pra se acabar, mesmo. Os ingressos custam a partir de 90 euros e podem ser comprados pelo site do próprio chateaux.
Se estiver em Paris não perca.
Príncipes, cortesãs, duques e todos aqueles que sempre sonharam reviver a realeza francesa terão sua chance na noite de 24 de junho, no Palácio de Versailles. Na data, um dos mais famosos jardins da França será palco edição 2017 do Grande Baile de Máscaras, promovido pela administração local.
O evento, que começará com a apresentação de um espetáculo musical nas fontes do jardim, seguido por fogos de artifício, continuará noite adentro animado por muitos DJs, e coreografias, até a manhã seguinte.
Roupas de época e máscaras são obrigatórias e os ingressos estão à venda pela internet. São aguardadas cerca de 2 mil pessoas para partilhar essa experiência extravagante. Os portões estarão abertos a partir das 21h.
Com certeza essa será uma experiência inesquecível que contará com o simbolismo, a elegância, a extravagância e a magia que fazem parte do imaginário coletivo, com princesas, príncipes, pierrots e cortesãs espalhados por toda l’Orangerie e que estarão em contra-ponto à electronic dance music de nossos tempos.
A Orangerie do Castelo de Versalhes tornar-se-á, por uma noite, o mais elegante, o mais extraordinário e o mais requintado dos salões de baile…
A entrada para o Baile de Máscaras dá acesso ao espetáculo Grandes Águas Noturnas.

 Clip – Le Grand Bal Masqué du château de Versailles (édition 2017)

Le Grand Bal Masqué du Château de Versailles – édition 2016

Musée National du chateau de Versailles – Orangerie
Adresse: avenue de Paris, 78000 Versailles
Accès transport
RER C Versailles-Rive-Gauche
Tél : +33 (0) 1 30 83 78 89
Plus d’infos sur :
http://www.chateauversailles-spectacles.fr
http://www.chateauversailles-spectacles.fr/spectacles/2017/le-grand-bal-masque-du-chateau-de-versailles

Read more...


César 2016

O César, prêmio máximo da academia francesa de cinema, faz 41 anos e a festa foi  dia 26 de fevereiro, no Théâtre du Châtelet, em Paris.

A 41ª edição dos César premiou o melhor do melhor do cinema francês. Veja quem foram os vencedores desta festa em homenagem a uma das mais requintadas tradições da  França!!

L’affiche officielle des César  et c’est Juliette Binoche qui illumine le poster de la grand-messe du cinéma français. Elle succède ainsi à Fanny Ardant en 2015 et Isabelle Adjani en 2014.

Catherine Frot pose sur la scène du théâtre du Châtelet à Paris avec son César récompensant la meilleure actrice, vendredi 26 février 2016.

Catherine Frot pose sur la scène du théâtre du Châtelet à Paris avec son César récompensant la meilleure actrice, vendredi 26 février 2016. (PATRICK KOVARIK / AFP)

Meilleur film : Fatima de Philippe Faucon

Fatima – Meilleur Espoir Féminin – Zita Hanrot – Ceremonie – Cesar 2016

 

• Meilleure actrice : Catherine Frot dans Marguerite

Marguerite – Meilleure actrice – Catherine Frot – Cesar 2016

• Meilleur acteur : Vincent Lindon dans La Loi du marché

• Meilleure réalisation : Arnaud Desplechin pour Trois souvenirs de ma jeunesse

• Meilleur espoir féminin : Zita Hanrot dans Fatima

• Meilleur espoir masculin : Rod Paradot dans La Tête haute

La tête haute – Meilleur espoir Masculin – Rod Paradot – Ceremonie – Cesar 2016

 

• Meilleure actrice dans un second rôle : Sidse Babett Knudsen dansL’Hermine

• Meilleur acteur dans un second rôle : Benoît Magimel dans La Tête haute

• Meilleur premier film : Mustang de Deniz Gamze Ergüven

• Meilleur film étranger : Birdman d’Alejandro Gonzalez Iñarritu

• Meilleur scénario original : Deniz Gamze Ergüven et Alice Winocour pourMustang

 Meilleure adaptation : Fatima de Philippe Faucon

• Meilleure musique originale : Warren Ellis pour Mustang

• Meilleur documentaire : Demain de Cyril Dion et Mélanie Laurent

 Meilleur long-métrage d’animation : Le Petit prince de Mark Osborne

• Meilleur court-métrage : La Contre-allée de Cécile Ducrocq

 Meilleur court-métrage d’animation : Le Repas dominical de Céline Devaux

 Meilleurs décors : Martin Kurel pour Marguerite

• Meilleurs costumes : Pierre-Jean Larroque pour Marguerite

• Meilleure photo : Christophe Offenstein pour Valley of Love

• Meilleur son : François Musy et Gabriel Hafner pour Marguerite

• Meilleur montage : Mathilde Van de Moortel pour Mustang

César d’honneur – Michael Douglas – Ceremonie – Cesar 2016

L’acteur américain Michael Douglas, qui a reçu son deuxième César d’honneur à 71 ans, a évoqué avec humour sa carrière et remercié d’un sonore “Vive la France”, dans un discours entièrement en français.

“Quand j’ai vu ce magnifique montage vidéo [de ma carrière] je me suis demandé: mais c’est qui ce jeune dans ces films ?’” a-t-il lancé, pince-sans-rire. L’acteur, déjà récompensé d’un César d’honneur en 1998 a rendu hommage aux grands acteurs français, “Belmondo, Alain Delon, Jeanne Moreau, Trintignant”“Pourquoi cette récompense est si importante à mes yeux ? Parce que je suis dans un pays qui a vu naître des idoles, et qui a vu naître le cinéma”, a-t-il lancé, avant d’être chaleureusement applaudi.

 

Fontes:

http://www.academie-cinema.org/calendrier2.html

http://www.francetvinfo.fr/culture/cinema/cesar-2014/ce-qu-il-faut-retenir-de-la-ceremonie-des-cesar-2016_1333761.html

http://www.public.fr/News/Cesar-2016-et-les-nommes-sont-909305

http://www.allocine.fr/article/fichearticle_gen_carticle=18650467.html

Read more...


Singin’ in the Rain no Teatro Châtelet

 

Para quem estiver em Paris em dezembro e janeiro vale a pena conferir a comédia musical Singing in the Rain , no Teatro Chatelet.

 

Singin’ in the Rain – Bande annonce

Resumindo a crítica do jornalista  Thierry Hillériteau para o jornal Le Figaro  :

…não é fácil adaptar os grandes monstros sagrados de Hollywood e este filme culte é particularmente difícil. Apesar do risco de toda adaptação, o teatro Châtelet – que deveria se chamar  Broadway sur Seine –  apresenta uma versão que é um encantamento absoluto.

© Théâtre du Châtelet – Marie-Noëlle Robert

O espetáculo é fabuloso por várias razões. Pela qualidade da distribuição: os atores/cantores/dançarinos escolhidos para substituirem Gene Kelly e Debbie Reynolds são excelentes. Mesmo os papéis secundários são magistrais.

(c) Théâtre du Châtelet – Marie-Noëlle Robert

porque o diretor, Robert Carsen, é genial na adaptação do filme dentro dos limites de um teatro. A cena mítica onde Don Lockwood dança na chuva é impressionante. Ver a chuva cair no palco do Châtelet é um instante de graça e de mágica.

E fabuloso, porque a Orchestre de Chambre de Paris é impecável.

© Théâtre du Châtelet -Marie-Noëlle Robert

Théâtre du Châtelet -Marie-Noëlle Robert

Dans les coulisses de Singin’ in the Rain au Théâtre du Châtelet


SINGIN’ IN THE RAIN
Reprise du 27 novembre 2015 et jusqu’au 15 janvier 2016

Scénario : Betty Comden & Adolph Green
Chansons : Nacio Herb Brown & Arthur Freed

Direction musicale : Gareth Valentine
Mise en scène : Robert Carsen

Costumes : Anthony Powell
Chorégraphie : Stephen Mear
Décors : Tim Hatley
Dramaturge : Ian Burton
Lumières : Robert Carsen
Lumières : Giuseppe Di Iorio

Orchestre : Orchestre de chambre de Paris

Don Lockwood : Dan Burton
Cosmo Brown : Daniel Crossley
Kathy Selden : Clare Halse
Lina Lamont : Emma Kate Nelson
R.F. Simpson : Robert Dauney
Dora : Jennie Dale
Roscoe Dexter : Matthew Gonder
Rod & Tenor : Matthew McKenna
Zelda : Karen Aspinall

au Théâtre du Châtelet
2 rue Édouard Colonne
75001 Paris

Quando: de 27 de novembro até 15 de janeiro de 2016.

Onde:   Théâtre du Châtelet, 2 rue Edouard Colonne, 75001 Paris.

 

 

Fontes:

http://www.timeout.fr/paris/theatre/singin-in-the-rain#booking

http://www.conexaoparis.com.br/2015/03/26/singing-in-the-rain-no-final-do-ano/

http://www.unitedstatesofparis.com/comedie-musicale-singin-in-the-rain-nouvelle-production-au-theatre-du-chatelet-paris/

https://theparispostblog.wordpress.com/2015/03/18/singing-in-the-rain-une-petit-bombe-euphorisante-au-chatelet/

Read more...


La Fête des Vendanges- Festa da Colheita da uva de Montmartre – 2015

fête des vendanges Montmartre

Todo ano acontece em Montmartre a famosa “ Fêtes des Vendanges” – A festa da colheita das uvas! A festa acontece por toda a cidade, mas é no bairro mais boêmio que a festa ferve! Importante ponto de encontro de artistas e intelectuais, o bairro é famoso pela sua animada vida noturna, e por ser o bairro de modelos, bailarinas e pintores como Degas, Cézanne, Monet, Van Gogh, Renoir e Toulouse-Lautrec, que contribuíram para tornar Montmartre um dos pontos mais turísticos de Paris!

Neste ano em sua 82ª edição, do dia 7 ao dia 11 de outubro acontecerá pelas ruas do bairro vários espetáculos, concertos gratuitos, fogos de artifício e desfiles de bandas musicais!

Fête des Vendanges

82e édition – du 7 au 11 octobre 2015

Paris celebra a colheita das uvas de Montmartre com cinco dias de festa.

As comemorações da tradicional vendange, a colheita das uvas de Montmartre, começam dia 07 de outubro e vão até domingo. São cinco dias de festa, onde serão apresentadas peças de teatro, desfiles nas ruas do bairro parisiense, além, é claro, da degustação do vinho produzido em 2014 e que poderá ser saboreado neste ano.

Etiquette_simul

La cuvée de la planète – Fête des Vendanges de Montmartre 2015

Clos-Montmartre-2014

Nesses dias as vinícolas de Montmartre podem ser visitadas gratuitamente, tem noites de degustações de vinhos e comidinhas típicas, atelier de sommelier e chefs, entre outras atividades gastronômicas.

 
São cinco dias de muita agitação em Montmartre. Abaixo os pontos fortes desta festa:

Fogos de artifício tendo como pano de fundo a Sacre-Cœur.

Quando: dia 10 de outubro às 21.45h.

10 de outubro: fogos de artifício às 21.45h. Local: em torno da igreja do Sacré-Coeur, rua Azaïs, rua Saint Eleuthère, rua Cardinal Guibert, rua Parvis du Sacré-Coeur.

Desfile nas ruas do bairro reunindo moradores divertidos, confrarias, bandas de música e o carro alegórico da rainha das vendanges de Montmartre.

Quando: sábado dia 10 de outubro. O desfile começa às 15 horas diante da prefeitura do bairro, a Mairie, e chega na praça Saint Pierre às 17.45h.

Desfile das confrarias

E dos convidados

 Mercado Gastronômico com barraquinhas vendendo as delícias da gastronomia francesa. A feira possui o sofisticado nome de Parcours du Goût – Percurso do Gosto.

Parcours du Goût

 PDG03©JJ

 Quando: sexta dia 9 de outubro, sábado dia 10 de outubro e domingo dia 11 de outubro de 2015, ao lado do Sacre Cœur. Das 10h até 22h.

Elas estarão em torno da igreja, nas ruas Azaïs, Saint Eleuthère, Cardinal Guibert e parvis du Sacré-Coeur.

O que mais  interessa  os visitantes são os diversos stands  localizados nos arredores da Sacre-Coeur, com comidas e bebidas de várias regiões da França.

É o chamado Le parcours du goût que oferece opções como queijos, charcuterie, frutas, ostras, azeites, foie gras, champagne, cervejas e mais algumas guloseimas.

PDG01©JJ

PDG02©JJ

Baile popular, para um final dançante grande estilo com valsas, rumbas, bolero, rock ‘n’roll, tangos. E este ano, dançarinos de Bollywood darão o toque final.

 

GRAND BAL COSMOS-POLITE – BAL DE CLÔTURE – 17h à 20h
Square Louise Michel - Ouvert à tous

Quando: domingo dia 11, no Square Louise Michel, das 17h até 20h.

Mélanie Thierry e Raphaël, padrinhos das Vendanges de Montmartre 2015

Pour cette édition 2015, c’est l’actrice Mélanie Thierry qui en sera la marraine, succédant à Sandrine Bonnaire, Nolwenn Leroy, Anaïs, Olivia Ruiz, Firmine Richard, Victoria Abril, Naomi Campbell, Carole Bouquet, Angunn, ainsi qu’à Mistinguett, qui fut la première marraine des Vendanges en 1934. Raphaëlparrain 2015, sera aussi présent pour cet évènement incontournable.

Aproveite  !!!!

 

Fontes:

http://www.fetedesvendangesdemontmartre.com/

http://www.sortiraparis.com/arts-culture/balades/articles/54579-fete-des-vendanges-de-montmartre-2015-dates-et-programme

http://www.conexaoparis.com.br/2015/10/06/festa-da-colheita-da-uva-de-montmartre/

http://www.parisetudiant.com/etudiant/sortie/la-fete-des-vendanges-de-montmartre-2.html

Read more...


Fête de la Musique 2015

Sucesso internacional, fenômeno social, a Festa da Música será dia 21 de junho em Paris. Ande pela cidade e aproveite este dia festivo.

No dia 21 de Junho, a Festa da Música, grande manifestação popular e gratuita, aberta a todos os participantes amadores ou profissionais, invade as ruas e as praças das  cidades, misturando  todos os gêneros musicais e dirigindo-se a todos os públicos.

Fête de la Musique é um animado festival de música gratuito, onde centenas de músicos se reúnem nas ruas, bares e cafés de Paris, dando apresentações que vão de jazz e rock ao hip hop e música eletrônica.

A ideia na origem da Festa da Música 

Criada por Jack Lang, ministro da Cultura, com base numa ideia do seu diretor de Música e a Dança, Maurice Fleuret, que  percebeu que cinco milhões de pessoas, entre elas um jovem em cada dois, tocavam um instrumento de música na França, a Festa da Música teve início em 21 de Junho de 1982, dia do solstício de Verão, onde a noite é a mais curta e, por isso, propícia a uma festa que dura até à manhã seguinte.

“Faça música, festeje a música” 

A mobilização de músicos profissionais ou amadores, a nova atenção dada a todos os gêneros musicais, as entradas gratuitas nos concertos e a adesão cada vez maior da população, fizeram em alguns anos da Festa da Música uma das grandes manifestações culturais francesas. O seu  território privilegiado é o ar livre: ruas, praças, jardins, pátios de museus, etc. É a ocasião para as grandes instituições musicais saírem dos seus muros ou receberem outros gêneros musicais. A festa oferece também a possibilidade de criar intercâmbios entre a cidade e os subúrbios, de proporcionar cultura às comunidades rurais, propor concertos nos hospitais e nas prisões, e fomentar de  forma natural a democratização do acesso às práticas artísticas e culturais.

Presente nos cinco continentes

A Festa da Música começa a ser exportada em 1985, pela ocasião do Ano Europeu da Música. Sucesso internacional e fenômeno social, a Festa, que está atualmente presente em mais de 120 países nos cinco continentes, é também portadora, no dia 21 de Junho, de novas tendências musicais, que anuncia ou que traduz: renovação das músicas tradicionais, explosão das músicas do mundo, aparição do rap e da música techno, regresso ao carnaval musical, etc.

La Fête de la Musique 2015 à Paris et en île de France

Hoje, a Fête de la Musique  ( Festa da Música ) conquistou o mundo : mais de 120 países participam e concertos são realizados em 700 cidades além das fronteiras  francesas. Uma demonstração do poder da música.  Em 2014  foram organizados mais de 17.000 shows  . Momentos musicais que atraíram mais de 10 milhões de franceses nas ruas de cidades e vilarejos .

O tema desta 34ª edição da Fête de la Musique é  ” Vivre ensemble la musique ” a celebração do espírito de comunhão e  de partilha que a música desperta ao redor do globo . A música aproxima, inspira, suscita. Mais do que nunca esta edição é a ocasião de celebrar o viver junto, valor fundamental desta grande festa  .  Música ao vivo juntos!

Fête de la musique à Paris 2015

“Vivre ensemble la musique est un état d’esprit. Vivre ensemble la musique est un mot d’ordre. Vivre ensemble la musique, c’est avant tout célébrer le pouvoir fédérateur de la musique.”

“La musique incarne cette résistance joyeuse à tout ce qui pourrait nous éloigner les uns des autres : c’est cela que nous célébrerons tous cette année en descendant dans la rue pour vivre ensemble la musique.”

Como aproveitar ao máximo esse dia? Alguns preferem olhar a programação e planejar cuidadosamente o seu roteiro, outros gostam de andar pelas ruas e tropeçar em eventos espetaculares (ou nem tanto).

Uma dica importante é ter sempre um mapa de Paris na mão, digo isso porque o transporte público tende a falhar nesse dia, os ônibus e metrôs estão sempre muito cheios, fica a dica por uma boa caminhada.

Para obter um sabor da autêntica cultura de Paris, não deixe de curtir o Fête de la Musique 2015.

É só clicar aqui para ver toda a programação da Fête de la musique à Paris 2015
TOUS LES ÉVÈNEMENTS DE CE PROGRAMME – clique aqui para conferir !!!

 

 

Fontes:

http://fetedelamusique.culturecommunication.gouv.fr/

http://www.sortiraparis.com/scenes/concert-musique/guides/53382-la-fete-de-la-musique-2015-a-paris-et-en-ile-de-france

http://www.timeout.fr/paris/concert-soiree/fete-de-la-musique

http://www.evous.fr/Fete-de-la-Musique-Comment-se-deplacer-a-Paris-1133097.html

http://www.france.fr/pt/festas-e-festivais/festa-da-musica.html

http://comovaiparis.com.br/muita-musica-paris-vai-entrar-em-festa/

https://quefaire.paris.fr/programme/59097_fete_de_la_musique_2015

Read more...


Le Grand Bal Masqué de Versailles – 27 de junho de 2015

Um baile de máscaras, com todos vestidos à moda do século XVII, em homenagem ao Rei Sol, Luís XIV, que ocupou o trono francês de 1643 até 1715, quando morreu e foi substituído por seu filho, Luís XV.

Neste tricentenário da morte do rei que, entre outros legados, foi responsável por transformar o ostentoso Palácio de Versalhes na sede da monarquia, o já tradicional de baile máscaras anual do castelo real francês promete ser especial.

O Le Grand Bal Masqué de Versailles acontece dia  27 de junho, a partir das 23 horas, na Orangerie do palácio, um dos anexos localizado no deslumbrante jardim. Mas os ingressos já estão à venda.

O cenógrafo e organizador do baile, Kamel Ouali, promete este ano reviver os primeiros bailes promovidos pelo Rei Sol há 300 anos.

 Kamel Ouali, chorégraphe, a imaginé la scénographie du bal masqué de Versailles. © : Quentin Saunier
Kamel Ouali, chorégraphe, a imaginé la scénographie du bal masqué de Versailles. © : Quentin Saunier

Os trajes barrocos e a máscara são obrigatórios. Perucas brancas são recomendadas. E quem for ao baile precisa saber que será fotografado e filmado para posterior divulgação. Aos mais discretos, vale o consolo de estarem mascarados…

Le Grand Bal Masqué de Kamel Ouali 2015

 Samedi soir au château de Versailles, des centaines de jeunes femmes en robe panier et brocards ont pu vivre leur fantasme d’être, pour une nuit, la Marquise des Anges lors d’un grand bal costumé. LP/J.-B. QUENTIN

Mais informações no site do Chateau de Versailles. 

LE GRAND BAL MASQUE DE KAMEL OUALI

Le Bal du Roi Soleil, 27 juin 2015

Une nuit 100 % fantastique à l’Orangerie

Bal en costumes d'époque au château de Versailles

Bal en costumes d'époque au château de Versailles

Bal en costumes d'époque au château de Versailles

Bal en costumes d'époque au château de Versailles

Bal en costumes d'époque au château de Versailles

Bal en costumes d'époque au château de Versailles

Bal en costumes d'époque au château de Versailles

Bal en costumes d'époque au château de Versailles

MON PREMIER BAL AU CHATEAU DE VERSAILLES

Princes et Princesses avec Disney, 28 juin 2015

Le bal costumé de Kamel Ouali pour les 6-12 ans

Mon premier Bal au Château de Versailles

Fontes:

http://www.hotel-le-versailles.fr/153-evenements/262-le-grand-bal-masque-de-kamel-ouali-2015.html

http://ela.oglobo.globo.com/blogs/paris/

http://www.lesnouvelles.fr/2013/06/13/un-bal-masque-extravagant-imagine-par-kamel-ouali/

http://bambiaparis.unblog.fr/2013/05/29/la-grand-bal-masque-de-kamel-ouali-a-versailles

http://www.bfmtv.com/diaporama/bal-costumes-depoque-chateau-versailles-849/14/

Read more...


Festival de Jazz à Saint- Germain- des-Prés – 2015

Festival de Jazz à Saint-Germain-des-Prés Paris é o tipo de evento ideal para quem ama Paris e a música. Com concertos exclusivos e shows em lugares inusitados, também é uma oportunidade para encontros entre artistas e revelações de novos talentos. Vai da próxima quinta-feira, 21/05, até 1° de junho.

Há shows também em teatros e outros locais além da igreja, o importante é levar o jazz, tão apreciado, aos parisienses.

Saint-Germain-des-Prés Jazz Festival

Festival de jazz em Paris: concertos dentro da igreja. Foto: Divulgação

Que tal assistir a um concerto de jazz dentro de uma igreja construída há 15 séculos? Em uma das cidades que respira história, arte e beleza?

Eric Bibb invite Ablaye Cissoko & un choeur gospel- Église Saint-Germain-des-Prés – quinta, 21/05 as 21 horas

Eric Bibb

 Ablaye Cissoko

 O Festival acontecerá em vários lugares.

Bande-annonce du Festival Jazz à Saint-Germain-des-Prés Paris 2015

 Lisa Simone, a cantora filha de Nina Simone, é uma das atrações mais esperadas do evento. Ela se apresentará no  l’Odéon-Théâtre de l’Europe,dia 1 de junho as 20:30 hr.

Lisa Simone, a filha de Nina Simone, é uma das atrações do Festival Jazz à Saint-Germain-des-Prés Paris. Foto: Divulgação.

 

Na Eglise Saint-Sulpice , no dia 26 de maio às 21 horas teremos Grande Soirée Gospel & Negro Spiritual « Voyage au cœur des grands classiques »

Rhoda Scott

 

Emmanuel djob

Linda Lee Hopkins

Vous pourrez par exemple rencontrer et bavarder avec des grands noms du jazz, tel que Kyle Eastwood au Café des Editeurs le 26 mai.

JAZZ & BAVARDAGES “LE JAZZ ET MOI” par Kyle Eastwood

Boire un café latte dans plusieurs Starbucks de la ville, en écoutant un groupe, grâce aux “Cafés-jazz”.

Salons Starbucks

Participer à des sessions de jam et découvrir les lauréats du 14ème Tremplin Jeune Talents.

Tremplin Jeunes Talents

Danser au grand bal swing années 50 de musique irlandaise au Centre Culturel Irlandais le 31 mai.

Grand Bal Swing

Vous pourrez aussi vous rendre à la Maison des Océans le 22 mai pour assister au concert du Shai Maestro Trio ;

Shai Maestro Trio

ou à la Maison des Cultures et du Monde, qui accueillera aussi de grands moments du festival avec le Lars Danielsson Group, le Tingvall Trio

Lars Danielsson Group 1ère partie : Christophe Girard & Mélusine.

Lars Danielsson – Liberetto – Album Trailer

Christophe Girard & Melusine // teaser

Aldo Romano trio 1ère partie : Emil Afrasiyab quartet

Dino Rubino : piano / Michel Benita : contrebasse / Aldo Romano : batterie

Aldo Romano

 Emil Afrasiyab quartet

Tingvall Trio

En bref, que vous soyez plutôt gospel, blues ou swing vous aurez de quoi faire. Le jazz s’empare de Paris pendant 10 jours, avec 1 700 artistes et 1 000 heures de musique. Et vous êtes les bienvenus.

Para acompanhar o festival, veja as informações completas no site do Festival de Jazz à Saint-Germain-des-Prés

Créé en 2001 et situé dans le quartier mythique de Saint-Germain-des-Prés, berceau du jazz en Europe, le Festival Jazz à Saint-Germain-des-Prés Paris n’est pas un festival de plus mais un festival à part. Il est l’un des événements jazz majeurs parisiens et propose chaque année :

  • Des concerts exceptionnels, fondés sur des rencontres inédites d’artistes, des découvertes de talents et des coups de cœur ;
  • Des têtes d’affiche et des jeunes talents. Au festival depuis 2001 : Youn Sun Nah, Dee Dee Bridgewater, Brad Meldhau, premier concert en France de Norah Jones, Monty Alexander, Manu Katché, Manu Dibango, Michel Legrand, Michel Portal, Paolo Fresu, Kenny Barron, Kurt Elling, Lucky Peterson, Richard Galliano, Ben l’Oncle Soul, Raphael Gualazzi ;
  • Un cadre exceptionnel, unique et patrimonial : l‘Église Saint-Germain-des-Prés, l‘Église Saint-Sulpice, la Maison des Océans, l’Université Paris-Sorbonne, l’Université Paris Descartes, le Sénat, le réfectoire des Cordeliers, le Théâtre de l’Odéon, le Centre Culturel Irlandais…
  • Le jazz comme une culture pluri-artistique : concerts, expositions photos, Jazz & Bavardages, conférences, master class, Jazz & Champagne…

Fontes:

http://festivaljazzsaintgermainparis.com/accueil

http://ela.oglobo.globo.com/blogs/paris/

http://www.parisbouge.com/mag/articles/ca-swing-a-paris-avec-le-festival-jazz-a-saint-germain-des-pres-2167

 http://www.jazzradio.fr/news/radio/26749/le-festival-jazz-a-saint-germain-des-pres-va-faire-jazzer-paris

http://parisjazzagenda.canalblog.com/archives/2015/04/22/31928646.html

 

Read more...


Ballet Paquita na Ópera Garnier, em Paris

nota 3 colagem 1

Source

Estreou na Ópera Garnier, em Paris, o Ballet Paquita, uma obra brilhante deJoseph Mazilier que se passa na pitoresca Espanha do século XIX, com coreografia de Pierre Lacotte, orquestra e corpo de baile da Ópera de Paris.

nota 3 colagem 2

Há muito tempo sem ser apresentada em cidade, o Ballet mostra intrigas e segredos de família, com técnicas extremamente exigentes, coreografia deslumbrante e precisa. O cenário e o figurino suntuosos enriquecem ainda mais a obra. Se você estiver em Paris, não deixe de ver. É lindo!

Laura Hecquet fait ses premiers pas d’étoile du Ballet de l’Opéra de Paris sur la scène de Garnier dans Paquita, aux côtés de l’infatigable Karl Paquette et du sémillant François Alu. Un trio impeccable pour cette reprise à succès…

Photos © Agathe Poupeney et Laurent Philippe / Opéra national de Paris

paquita

Paquita, Opéra de Paris
Laura Hecquet avec Karl Paquette (Lucien D’Hervilly) © Laurent Philippe/ Opéra
Laura Hecquet © Laurent Philippe/ Opéra National de Paris
Laura Hecquet-© Laurent Philippe/ Opéra National de Paris
nota 3 colagem 3

Dans une Espagne pittoresque où les Français de Napoléon font encore la loi, nous suivons les amours contrariées de Lucien, jeune noble français, et Paquita .

Ballet en deux actes sur un livret de Pierre Foucher et Joseph Mazilier, cette œuvre a été adaptée par Pierre Lacotte d’après les chorégraphies de Joseph Mazilier et Marius Petipa.

Ballet Paquita
Até 19/05/2015
Opera Garnier
Place de l’opera – 75009 – Paris

 

Fontes:

http://lulacerda.ig.com.br/paris-por-paulo-pereira-65/

http://spectacles.premiere.fr/Salle-de-Spectacle/Spectacle/Paquita-1031455

https://www.operadeparis.fr/saison-2014-2015/ballet/paquita-pierre-lacotte

http://www.resmusica.com/2015/05/05/debuts-detoile-reussis-pour-laura-hecquet-dans-paquita-a-garnier/

http://www.kleoinparis.com/tag/opera-de-paris/

http://quebec.huffingtonpost.ca/2014/03/05/grands-ballets-ballet-de-lopera-de-paris_n_4903112.html

http://bachtrack.com/critique-paquita-opera-national-de-paris-palais-garnier-mai-2015

Read more...


Paris Merveilles novo espetáculo do Lido, Paris

Eu não poderia deixar de falar do maravilhoso espetáculo que acabou de estrear no Lido de Paris assinado por Franco Dragone, o Paris Merveilles – é grandioso!

 Figurino luxuoso, cenário com tecnologia de ponta, iluminação moderníssima, músicos impecáveis, bailarinos e bailarinas lindos e talentosos, enfim, um momento único, uma viagem extravagante entre as maravilhas de Paris

@Pascaline Labarrere

@ Jpanie

@G.Mairet

@ Jpanie

Acompanhando tudo isso, um jantar com cozinha francesa e sobremesas Lenotre.

danseuse Lido Paris

nota 2 colagem 2

O Lido é uma das maiores e mais importantes casas de espetáculo da Europa. Tem sido um grande momento da noite parisiense desde que foi inaugurado, em 1946. Uma verdadeira casa de sonhos.

Imperdível!

Paris Merveilles » nouvelle revue du Lido

Dancers perform during a general rehearsal of "Paris Merveilles", the new revue of the Lido cabaret, directed by Italian-Belgian theatre director Franco Dragone, at the Lido in Paris, on April 2, 2015.     AFP PHOTO / LOIC VENANCE

Dancers perform during a general rehearsal of “Paris Merveilles”, the new revue of the Lido cabaret, directed by Italian-Belgian theatre director Franco Dragone, at the Lido in Paris, on April 2, 2015. AFP

A dancer performs during a general rehearsal of "Paris Merveilles", the new revue of the Parisian cabaret the Lido directed by Italian-Belgian theatre director Franco Dragone, at the Lido in Paris, on April 2, 2015.     AFP PHOTO / LOIC VENANCE

A dancer performs during a general rehearsal of “Paris Merveilles”, the new revue of the Parisian cabaret the Lido directed by Italian-Belgian theatre director Franco Dragone, at the Lido in Paris, on April 2, 2015. AFP PHOTO / LOIC VENANCE

Dancers perform during a general rehearsal of "Paris Merveilles", the new revue of the Lido cabaret,  directed by Italian-Belgian theatre director Franco Dragone, at the Lido in Paris, on April 2, 2015.     AFP PHOTO / LOIC VENANCE

Dancers perform during a general rehearsal of “Paris Merveilles”, the new revue of the Lido cabaret, directed by Italian-Belgian theatre director Franco Dragone, at the Lido in Paris, on April 2, 2015. AFP PHOTO / LOIC VENANCE

Dancers perform during a general rehearsal of "Paris Merveilles", the new revue of the Lido cabaret, directed by Italian-Belgian theatre director Franco Dragone, at the Lido in Paris, on April 2, 2015.     AFP PHOTO / LOIC VENANCE

Dancers perform during a general rehearsal of “Paris Merveilles”, the new revue of the Lido cabaret, directed by Italian-Belgian theatre director Franco Dragone, at the Lido in Paris, on April 2, 2015. AFP PHOTO / LOIC VENANCELido Paris

Dancers perform during a general rehearsal of "Paris Merveilles", the new revue of the Lido cabaret, directed by Italian-Belgian theatre director Franco Dragone, at the Lido in Paris, on April 2, 2015.     AFP PHOTO / LOIC VENANCE

Dancers perform during a general rehearsal of "Paris Merveilles", the new revue of the Lido cabaret, directed by Italian-Belgian theatre director Franco Dragone, at the Lido in Paris, on April 2, 2015.     AFP PHOTO / LOIC VENANCE

Dancers perform during a general rehearsal of "Paris Merveilles", the new revue of the Parisian cabaret The Lido directed by Italian-Belgian theatre director Franco Dragone in Paris on April 2, 2015.     AFP PHOTO / LOIC VENANCE

Le Lido

116 Av. des Champs-Élysées, 75008

 

Fontes:

http://www.lido.fr/

http://www.jeudi.lu/paris-merveilles-nouvelle-revue-du-lido/

http://lulacerda.ig.com.br/paris-por-paulo-pereira-65/

Read more...


Festa da Francofonia 2015

Para celebrar a cultura francesa, chega a São Paulo mais uma edição da Festa da Francofonia, que promove shows, espetáculos de teatro, contações de histórias, mostra de cinema, gastronomia e muito mais. O festival acontece de 17 a 31 de março em diversos espaços culturais da capital, e as atrações variam muito de preço. Para ver a programação completa, acesse o site da Aliança Francesa.

Durante esses dias, uma série de eventos culturais, envolvendo música, cinema, teatro, literatura, exposições e conferências, que ilustram a diversidade francófona . Confira a programação completa no site oficial da festa http://www.aliancafrancesa.com.br/francofoniasp/

REALIZAÇÃO: Consulado Geral da França em São Paulo; Bureau Export; Consulado Geral da Bélgica em São Paulo; Consulado Geral da Suíça em São Paulo; Consulado Geral do Canadá em São Paulo; Escritório do Québec em São Paulo; Aliança Francesa de São Paulo
PARCERIA: SESC-SP
APOIO INSTITUCIONAL: APFESP; AUF
PATROCÍNIO: Chez France

Programação

CINEMA

Mostra de Cinema da Francofonia
https://www.facebook.com/events/1412526985715883/
Cinéclub Aliança Francesa + Reserva Cultural

Os paulistanos que gostam de cinema em francês têm um prato cheio nesta semana. O Sesc Vila Mariana e a Aliança Francesa vão fazer, entre terça e sábado, a Mostra de Cinema da Francofonia, que é parte da Festa da Francofonia 2015. Dois filmes também serão exibidos no dia 28.

Tango livre


Oito filmes da França, Canadá, Suíça, Bélgica e Argélia foram selecionados para a mostra. A maioria deles é recente, como “Tango livre”, premiado no Festival de Veneza 2012. Outro destaque é “Yema”, filme argelino que fala sobre os conflitos entre o governo e rebeldes islâmicos no país.

A mostra acontece em quatro horários: 11h, 14, 17h e 20h. O valor do ingresso R$ 12, a meia-entrada custa R$ 6, e trabalhadores matriculados no Sesc não pagam nada. A programação pode ser consultada no site da Aliança Francesa.

Mostra de Cinema da Francofonia
Local: Sesc Vila Mariana – Rua Pelotas, 141 (auditório, 1° Andar – Torre A)
Telefone: 11 5080-3000
www.sescsp.org.br
Datas: 17, 18, 19, 20, 21 e 28/03, às 11h, 14h, 17h e 20h
Ingressos: R$ 12,00 (inteira), R$ 6,00 (meia), grátis para trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no SESC e dependentes

MÚSICA
Shows da ZAZ, Stromae, Angélique Kidjo, Piaf! O Show e Stéphane San Juan

LÍNGUA E LITERATURA
Jornada de Contadores de Histórias
Concurso das 10 palavras

ARTES CÊNICAS
Teatro – As Criadas (Grupo TAPA)

FRANÇA NA FRANCOFONIA
Conhecido como “o autor maldito do século XX”, Jean Genet é um dos maiores dramaturgos, poetas e escritores franceses do período. Suas obras abordam temas fortes, como o poder e a perversão, e impressionaram personalidades da época como Jean-Paul Sartre – que chegou até a escrever um ensaio sobre o autor – e Michel Foucault. Quer conhecer mais da obra de Genet? Está em cartaz no Teatro Aliança Francesa a peça ‘As Criadas’, com o grupo TAPA. Não perca!

Para o espetáculo “As Criadas” o elenco, dirigido por Eduardo Tolentino, será formado pelas atrizes Clara Carvalho, Denise Weinberg e Emilia Rey. O espetáculo conta a história de de duas irmãs, Clara e Solange, que planejam dia após dia a morte de sua patroa. Inocentes ou vilãs, assumem o risco de seus planos, que acabam por levar o “amado” de sua Madame para a prisão. As vezes criadas, as vezes patroas, a peça se confunde em um jogo de poder e submissão, amor e o ódio.

Por onde foi montado em vários países, o espetáculo já teve distintos estilos. Realista, ritualista, surrealista e até tropicalista. Para essa montagem o diretor Eduardo Tolentino brincará com a questão do mocinho e bandido que faz parte do imaginário masculino assim como a casa de bonecas que pertence ao universo feminino. Por exemplo, na ausência da patroa as criadas experimentam seus vestidos como meninas quando a mãe sai de casa. Porém quando a patroa/mãe volta, elas não conseguem cometer o assassinato simbólico com o chá envenenado, apenas conseguiram denunciar o amante/pai a polícia para afastá-lo de Madame/mãe.

Dança – Compagnie Virginie Brunelle

Foi em cafeterias e centros de convivência que a coreógrafa quebequense Virginie Brunelle, de 32 anos, iniciou as observações que resultaram no segundo espetáculo de sua autoria. A interação entre os casais, com suas semelhanças e divergências, convergiu em um ponto comum sob os olhos da artista. O resultado de sua reflexão tem chamado atenção da crítica especializada e cumprido temporada em diversos países, como Dinamarca, Coreia do Sul, Líbano e Itália. Também há apresentações marcadas neste ano na Bélgica e Holanda. No Brasil,Complexo dos Gêneros faz sessões no Sesc Pompeia nos dias 20 e 21 de março, sexta-feira e sábado, às 21h.

complexo1

Sobre as referências íntimas, Virginie conta que utiliza as sensações e emoções destacadas entre o sono e a vigília para levar propostas de movimentos aos seus bailarinos. “São coisas sem forma que eu tento situar no corpo dos dançarinos. O importante é gerar uma emoção autêntica”, explica a coreógrafa. Os movimentos do espetáculo são intensos e investigativos, como se os corpos se buscassem o tempo inteiro.

Segundo a coreógrafa, em alguns momentos eles são até grotescos. No momento inicial da peça, por exemplo, bailarinas viradas de costas para o público escondem com a saia as pernas de bailarinos que estão deitados embaixo delas. A imagem, que parece recriar um só corpo, desenha uma das percepções de Virginie.

O figurino asséptico e simples dá destaque aos corpos. “A peça traça uma estética que visa o trabalho do corpo; a pele que se avermelha ao toque do outro, por exemplo. O tema pretende não esconder a verdade”, complementa Virginie. A luz, assinada por Alexandre Pilon-Guay, parceiro de outras produções da Compagnie Virginie Brunelle, contorna os bailarinos sem dar destaque especial a eles. O trabalho é minucioso e discreto, mas deixa uma marca atraente no espetáculo.

Foto: Mathieu Doyon/Divulgação

EXPOSIÇÃO


On joue sur la terre

A cada ano, desde 2010, a Fundação Aliança Francesa organiza um grande concurso de foto junto as redes das Alianças Francesas no mundo. Por ocasião da sua 4a edição, o tema “On joue sur la Terre” (O Mundo joga) foi escolhido.

Jogar peão, Futebol ou cartas. São inúmeras as formas de jogar, sejam elas apenas para se distrair, praticar esportes ou até mesmo jogos de azar. A fim de explorar o olhar sensível e fotográfico acerca desse universo, a exposição “On Joue sur la Terre”, reúne os 55 melhores trabalhos fotográficos do concurso.

 

Olhares Cruzados

OLHARES CRUZADOS – REGARDS CROISÉS – EXCHANGING GLANCES
Brasil e Canadá: dois países jovens, nascidos no Novo Mundo e formados a partir da constante incorporação de povos, culturas e referências.
Montreal e São Paulo: duas metrópoles multiculturais.

O Instituto Cultural Brasil Canadá – ICBC, com o apoio da Câmara de Comércio Brasil Canadá – CCBC e com a Curadoria do renomado Claudinei Roberto da Silva (Eca/USP Museu Afro-Brasileiro), convidou um fotógrafo canadense – Luc Dubois de Montreal e um fotógrafo brasileiro – Renato Negrão de São Paulo, para registrarem em imagens a incursão destes artistas nestas cidades tão especialmente peculiares. Durante um breve período de tempo, cada fotógrafo mergulhará na cidade e na cultura do outro, construindo a narrativa desses “olhares entrecruzados”. Esta é a página onde os artistas alimentarão, em conjunto, as suas ansiedades, reflexões e percepções, compartilhando ideias e experiências, e contando com a participação de todos para descobrirmos juntos o que há de interessante, exótico, amargo, triste e belo, tanto no Brasil quanto no Canadá.

Abertura da exposição em São Paulo. Obrigado a todos que fizeram deste belo projeto uma realidade!! Próxima etapa: exposição em Montreal!!! — com Luc Dubois e Renato Negrão.

GASTRONOMIA
Semana do Chocolate Belga

Fritas com maionese de chocolate branco, do Arola Vintetres

Fritas com maionese de chocolate branco do Arola Vintetres

A Bélgica produz 172 mil toneladas de chocolate por ano, a maioria para exportação

CHOCO.BE – FESTIVAL DO CHOCOLATE BELGA

Evento promove o chocolate belga em mais de 30 experiências em São Paulo.

“O ministro do Comércio Exterior da Bélgica e o Cônsul Geral em São Paulo, ao lado de renomadas marcas e chefs – como Alex Atala e Dominique Persoone – vão promover o chocolate belga em mais de 30 experiências. É o Choco.be, que acontece de 14 a 21 de março, em São Paulo.

Organizado pelo Consulado Geral da Bélgica em São Paulo, o Festival Choco.be promoverá degustações, cursos, brunchs, chás da tarde e jantares – um deles assinado pelo chef Alex Atala e o chocolatier belga Dominique Persoone.

divulgação

PROGRAMAÇÃO

Apaixonados por chocolate, os brasileiros poderão no Choco.be experimentar novos sabores e ter experiências inusitadas com essa maravilha belga. Serão mais de 30 atividades, algumas delas gratuitas, para escolher e saborear. A programação completa do evento pode ser conferida no site oficial do evento. Os ingressos podem ser adquiridos através do site foodpass.com.br.

CHOCOLATE BELGA

Atualmente, a Bélgica produz 172 mil toneladas de chocolate por ano, a maioria para exportação. A exportação de chocolate belga para o Brasil aumentou em 22% em 2013 e em 34% em 2014. A média de consumo anual per capita de chocolate na Bélgica é de 9 kg, no Brasil ainda é de 2,5 kg por ano.

Tão cobiçado quanto suas cervejas, o chocolate belga conquistou ótima reputação graças a vários atributos em sua fabricação. A Callebaut, que cria chocolates no coração da Bélgica há mais de cem anos, é uma das raras empresas que seleciona, torra e mói as amêndoas para elaborar sua própria massa de cacau – o principal ingrediente na produção do chocolate. Apenas as melhores, as mais raras e as exclusivas variedades de cacau são selecionadas. As amêndoas são torradas inteiras para preservar a delicadeza dos aromas e conferir intensidade e complexidade de sabores. Todos os ingredientes são moídos delicadamente e incorporados com precisão e paciência até que a textura alcance a perfeição.

Outro cuidado adotado pelas marcas belgas na fabricação do chocolate ao leite se estende na dosagem de cacau, considerado um superalimento pelos nutricionistas por ser rico em nutrientes. No belga, a porcentagem é mais acentuada (43% em vez dos 35% frente aos outros chocolates). “Além disso, ele contém menos açúcar, o que o torna mais saudável”, afirma Vanderhasselt, cônsul-geral da Bélgica em São Paulo.  ” ( Marina Marques redator(a) )

 

Good de / Goût de France – jantar à francesa

Grande evento internacional dedicado à gastronomia francesa, Goût de France – Good France –, organizado pelo chef Alain Ducasse, acontece no dia 19 de Março, próxima quinta-feira.

www.raphaelcriscuolo.com.br

Nesse dia, mais de 1300 chefs de todo o mundo, espalhados por cinco continentes, vão realizar um jantar-homenagem celebrando a excelência da cozinha francesa. Um dos restaurantes paulistanos a participar do Goût dev France – Good France é o Avek, comandado pelo chef francês Alain Uzan.

Para o jantar – vraiment français, comme il faut – Alain Uzan elaborou cardápio com entrada fria, entrada quente, pratos de peixe, de ave e de carne, queijo e sobremesa. Em cada item, são duas opções à escolha do cliente.

O menu completo custa R$ 165 por pessoa e 5% da renda obtida será destinada pelo Avek à Arca do Saber, ONG Franco-Brasileira criada em 2001 com o objetivo de administrar uma escola maternal na Vila Prudente, uma das mais antigas comunidades de São Paulo.

Conheça o Menu Goût de France – Good France
(Jantar homenagem à excelência da cozinha francesa)

Entrée froide
Duo de salmão (tartar de salmão sobre salmão marinado)
ou
três ostras frescas

Entrée chaude
Três ostras à moda de Nantes
ou
Petit camembert empanado sobre abacaxi caramelizado

Poisson ou crustacé
Rolinho de robalo com lagostim sobre risoto de aspargos, com molho bisque
ou
Risoto de pato com shitake, shimeji e azeite trufado

Viande ou volaille
Miolo de alcatra com molho do chef
ou
Parmentier de cordeiro com purê de cará

Fromage
Queijo de cabra sobre folhas

Dessert
Mousse de chocolate belga (receita do pai do chef)
ou
Paris-Brest com creme de avelã

 AVEK - Petit camembert empanado sobre abacaxi caramelizado - Foto Raphael Criscuolo (1)

www.raphaelcriscuolo.com.br

Vins qui accompagne les plats
Champagne Vollereaux Brut Réserve
Château Saint-Maurice Les Parcelaires (branco)
Château Saint-Maurice Les Parcelaires (rosé)
Château Boucarut (tinto)
Banyuls Rimage Cornet e Cie

Avek, Champagne Vollereaux Brut Réserve

 

 

 

O menu completo custa R$ 165.
Com os cinco vinhos (uma taça de cada um), o preço passa a R$ 285.
Os pratos podem ser também pedidos separadamente.
Os preços de cada um: duo de salmão R$ 32; ostras frescas R$ 16; ostras à moda de Nantes (R$ 19,90); petit camembert (R$ 29); rolinho de robalo (R$ 78); risoto de pato (R$ 49); miolo de alcatra (R$ 52); parmentier de cordeiro (R$ 49); queijo de cabra (R$ 28); mousse de chocolate belga (R$ 26); Paris-Brest (R$ 26).

No próximo dia 19 de Março de 2015 – véspera do início da primavera na Europa –, mais de 1.300 chefs, de todo o mundo, espalhados por cinco continentes, vão realizar um jantar-homenagem celebrando a excelência da cozinha francesa.

O objetivo do jantar Goût de France – Good France é proporcionar um melhor conhecimento da gastronomia francesa em nível internacional, ilustrando assim concretamente a sua inscrição como patrimônio mundial pela Unesco e a sua influência em todo o mundo.
O evento, organizado pelo chef Alain Ducasse, tem apoio das embaixadas francesas e de Laurent Fabius, ministro das Relações Exteriores e do Desenvolvimento Internacional da França. Todos os chefs/restaurantes participantes vão oferecer um menu especial com duas entradas e dois pratos: champagne como aperitivo, entrada fria, entrada quente, peixe ou crustáceo, carne, seleção de queijos franceses e sobremesa à base de chocolate. Todo o jantar acompanhado por vinhos franceses e digestivo francês.
O valor relativo a 5% das vendas será destinado a uma ONG ligada à área da saúde.
Mais informações em: http://int.rendezvousenfrance.com/en/gout-france-good-france

Serviço
AVEK - Restaurante e Loja de Vinhos
Rua Joaquim Antunes 48, Jardim Paulistano. São Paulo – SP
Telefone: (11) 3061-1125 e 2507-5932
Site: avek.com.br.
Para o jantar Goût de France – Good France é especialmente recomendável fazer reserva.
        Horários de funcionamento:
ALMOÇO de segunda a sexta das 12 às 15 horas e sábado e domingo das 12 às 16 horas;
JANTAR de segunda a quinta das 19 às 23 horas e sexta e sábado das 19 às 23:30 horas.

Fique por dentro das novidades e bastidores através do Instagram @francofoniasp - http://www.instagram.com/francofoniasp

 

Fontes:

https://catracalivre.com.br/sp/agenda/gratis/festa-da-francofonia-2015-chega-a-sao-paulo-com-extensa-programacao/

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2015/03/sesc-e-alianca-francesa-fazem-mostra-de-filmes-em-frances.

http://www.aliancafrancesa.com.br/hotsite.aspx?tipo=1

http://www.teatroaliancafrancesa.com.br/eventosteatro.aspx?id=71

https://www.facebook.com/festadafrancofoniasp/photos/a.305358306256057.1073741828.301950243263530/402046909920529/?type=1&theater

http://www.aliancafrancesamanaus.com/events/exposicao-joue-sur-la-terre/

http://www.guiadasemana.com.br/evento/restaurantes/choco-be-festival-do-chocolate-belga-14-03-2015

http://wikilicias.com.br/2015/03/12/restaurante-avek-sob-o-comando-do-chef-alain-uzan-participa-do-gout-de-france-evento-que-reune-chefs-de-todo-o-mundo/

Read more...

Flickr

RSS URL not defined

Entre em contato!

Tel. 55 11 9641 0432

Áreas atendidas – São Paulo, SP
_Higienópolis
_Pacaembú
_Perdizes
_Bela Vista
_Outras áreas: consulte!

Visite minhas redes sociais:

Scroll to top